Views
1 month ago

edição de 9 de janeiro de 2017

  • Text
  • Ibope
  • Agosto
  • Kantar
  • Janeiro
  • Propmark
  • Campanha
  • Mercado
  • Digital
  • Ainda
  • Jornal

mArcAs Anúncio sela

mArcAs Anúncio sela consenso entre Vivo e ex-diretora de imagem da empresa No texto veiculado no Valor, as duas partes informaram que "foram envolvidas em um noticiário produzido a partir de informações inverídicas" CRISTIANE MARSOLA Mais um capítulo da novela entre a Vivo e Cris Duclos, ex-diretora de imagem e comunicação da empresa, foi protagonizado no fim do ano passado. No último dia 27, um anúncio all-type, assinado pelas duas partes, foi veiculado no jornal Valor. Na peça, a empresa e a executiva informam que “foram envolvidas recentemente em um noticiário produzido a partir de informações inverídicas”. De acordo com fontes do PRO- PMARK, o anúncio é resultado de um acordo jurídico entre as duas partes. O anúncio veiculado no fim do ano afirma que, nos oito anos em que Cris trabalhou na empresa, não houve “qualquer irregularidade na gestão de sua área” e o desligamento da profissional da empresa “se deu de forma amigável, sem justo motivo, com pagamento de indenização, decorrente de reestruturação na área de marketing”. De acordo com a Vivo, este processo de reestruturação ainda está em andamento e não há data para a conclusão. O comunicado se encerra com a declaração de que “Vivo e Cristina Duclos refutam a veiculação de boatos, as especulações maldosas e lamentam o ocorrido”. Procurada pelo PROPMARK após a veiculação do anúncio, a executiva divulgou, por meio de sua assessoria de imprensa, uma nota informando que chegou a um consenso com a empresa “para encerrar definitivamente os boatos envolvendo seu nome que circularam na imprensa e redes sociais” e o comunicado “faz isso de maneira inequívoca”. A executiva afirma que pretende voltar ao mercado “o mais breve possível”. histórico Em setembro, a executiva havia entrado com um processo contra a empresa na 33ª Vara Cris Duclos: anúncio encerra definitivamente boatos envolvendo seu nome de Trabalho, em São Paulo, com orientação do advogado Antonio Carlos Aguiar, do escritório Peixoto e Cury, para solicitar a reintegração do seu emprego e abertura de uma sindicância para identificar as prováveis irregularidades na área de marketing do anunciante. A profissional conseguiu anular as cláusulas de no compete, que a impediam de voltar ao mercado por um ano, e de sigilo, que não deixava que ela divulgasse os termos do contrato de trabalho. Alê Oliveira A executiva foi demitida da empresa em 9 de junho e teve seu nome envolvido em acusações de desvios de até R$ 27 milhões. Representante brasileira no júri da competição Creative Effectiveness Lions do Festival Internacional de Criatividade de 2016, em Cannes, Cris tentou negociar sua saída para depois do evento, mas o pedido lhe foi negado. NoVA presidêNciA Em outubro, a Vivo anunciou que Amos Genish seria substitu- Desligamento Da profissional Da empresa “se Deu De forma amigável, sem justo motivo, com pagamento De inDenização, Decorrente De reestruturação na área De marketing” ído, no início deste ano, na presidência da empresa pelo executivo brasileiro Eduardo Navarro, até então responsável na sede do Grupo Telefônica, na Espanha, pelas estratégias comerciais globais da divisão digital da empresa. Em comunicado, a empresa disse que “repudia veementemente qualquer tentativa de associar a saída do seu CEO Amos Genish à demissão da ex-diretora de Imagem e Comunicação da empresa (Cris Duclos)”. O texto ressaltou, ainda, que o executivo pediu para desligar-se da companhia “por razões pessoais depois de levar a Telefônica Brasil a concluir com sucesso a integração com a GVT”. Na semana passada, Genish deixou definitivamente a Telefônica Brasil, em que ainda ocupava os cargos de integrante do Conselho da Telefônica Brasil e de presidente do Comitê de Estratégia da Companhia, para ser o novo CCO (chief convergence officer) do grupo francês Vivendi, baseado em Paris e Londres - a mudança é resultado de um convite pessoal feito por Vincent Bolloré, controlador do Grupo Vivendi, a Genish no Brasil. O Grupo Vivendi é parceiro da Vivo nos aplicativos de séries para celulares Studio+ e de música e vídeos WatchMusic, dois lançamentos mundiais feitos no país. 40 9 de janeiro de 2017 - jornal propmark

Retrospectiva, criado pela AlmapBBDO e produzido pela Krypton Films, mostra os bons momentos da vida regados ao centenário azeite Gallo Os azeites Gallo começam o 60 segundos, como o título diz, tão as horas na companhia dos Ana Carolina Reis e Daniel Poletto. A produtora de imagem ano com nova campanha, faz uma retrospectiva dos momentos filhos, as férias com os pais, a que estreia no Brasil e em Portugal ao mesmo tempo. O filme Retrospectiva, com criação da AlmapBBDO, traz a nova assinatura: “Gallo. Momentos memoráveis têm este sabor”. O filme, em versões de 30 e inesquecíveis do ano, reunindo memórias do melhor da vida, tendo como protagonista um pai de família. As imagens foram feitas em Portugal, país de origem da marca. Entre as cenas revividas es- beleza das pequenas coisas, os amigos, o tempo com a mulher... A peça faz um paralelo dos bons momentos com o produto centenário. A direção de criação é de Pernil e André Gola e a criação de é a Krypton Films, de Portugal, e a direção de cena é de Pedro Amorim. A campanha contempla digital no Brasil e em Portugal e estreia, nesta segunda (9), na TV paga no Brasil. mArCAs Vermelho ganha destaque nas embalagens de Coca-Cola Latas e garrafas pets com novo visual chegam aos pontos de venda até fevereiro; mudança será comunicada com campanha em TV e PDV primeira novidade da Coca-Cola para 2017 são as su- A as novas latas e garrafas pets. Nas embalagens da marca, que chegam às prateleiras até fevereiro, o disco vermelho é o centro da identidade visual, acompanhado da cor de cada versão. A mudança foi realizada pelo time de design da Coca- -Cola global, em parceria com as agências BVD e SDL, de Estocolmo; Tátil, do Rio de Janeiro; Moniker e United Design, de São Francisco; e Hey Studio, de Barcelona. Outra novidade é que a Coca-Cola Zero apresenta nova fórmula e passa a se chamar Novas embalagens da Coca-Cola têm o vermelho em comum nas três versões Divulgação Coca-Cola Zero Açúcar. “O estilo de vida das pessoas mudou e vamos oferecer mais escolhas ao público para nos adequar a estas mudanças”, afirma Henrique Braun, presidente da Coca-Cola Brasil. “Usaremos a fortaleza do nosso sistema para chegar ao fim de 2017 com uma distribuição 50% maior nos pontos de vendas de todo o Brasil”, diz o executivo. A campanha de lançamento das embalagens, assinada pela David, tem ações de merchandising em TV aberta, filme na TV, divulgação em mídias sociais, ativações em pontos de venda e ações de sampling. Azeite Gallo tem nova assinatura em campanha da AlmapBBDO Filme será veiculado no Brasil e em Portugal, país de origem do produto Fotos: Divulgação jornal propmark - 9 de janeiro de 2017 41

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.