Views
4 months ago

edição de 7 de agosto de 2017

  • Text
  • Mercado
  • Agosto
  • Propmark
  • Jornal
  • Marketing
  • Melhor
  • Marca
  • Paulo
  • Brasil
  • Campanha

MarCaS Divulgação

MarCaS Divulgação Guilherme Marconi, Thiago Custódio, Gabriel de Andrade Filho e Christiano Vellutini, os quatro sócios do Coala Festival, são da área de marketing Pelo terceiro ano consecutivo, Skol mantém patrocínio ao Coala Festival Evento, que será realizado no Memorial da América Latina, em São Paulo, no dia 12, conta ainda com Jameson, Spotify e Fusion como parceiros Cristiane Marsola Pelo terceiro ano consecutivo, a Skol é a patrocinadora máster do Coala Festival. “O Coala é o espaço perfeito para se conectar e estimular a convivência com pessoas de diferentes estilos, idades e opiniões. Temos convidado pessoas, de diferentes formas, a quebrarem padrões e experimentarem a viver uma vida com mais respeito e sem estereótipos”, diz Adriana Molari, gerente de marketing da marca. A Ambev é parceira desde a primeira edição, em 2014, quando Budweiser foi a patrocinadora. O evento ainda conta com Jameson, Spotify e Fusion como parceiros. A marca de energético é a única estreante entre as patrocinadoras do festival. Os outros dois anunciantes repetem a união pelo terceiro ano. “O Coala Festival tem um posicionamento diferente. A gente traz os parceiros para dentro do “A gente não trAbAlhA com cotA e Apoio, mAs trAzendo os pArceiros pArA dentro do festivAl” to, diversidade etc.”, fala. Como compõem o público de festivais, os sócios queriam oferecer uma experiência diferente do que costuma ser feito. “A proposta do festival é valorizar a cultura nacional. É dar oportunidade à nossa essência. Têm diversos festivais em que a cena internacional é mais importante, mas que têm um grande público, desconforto... Nossa intenção é entregar experiência incrível para o público e valorizar essa coisa boa que tem no país”, continua. O público-alvo do evento são festival”, conta Thiago Custódio, sócio e diretor de mídia e parcerias do Coala. Os sócios do festival são da área de marketing. Além de Custódio, que é diretor de mídia na F/Nazca, a sociedade conta com Christiano Vellutini, diretor de arte da David, Guilherme Marconi, sócio-diretor da Diverti, e Gabriel de Andrade Filho, client solutions manager para a indústria de bens de consumo no Facebook. “Nós tentamos fugir das propostas-padrão da publicidade. O parceiro senta com a gente para falar do objetivo dele e, a partir disso, a gente vai criando essas cotas moduladas”, conta. De acordo com o executivo, o Coala Festival surgiu com a intenção de valorizar a cultura nacional. “Em São Paulo, esse é o único festival que tem a música brasileira como o principal DNA. Isso engajou o público jovem, que está preocupado com respeios jovens de 18 a 34 anos, mas sem deixar de fora outras faixas etárias. “O festival é muito democrático”, diz o executivo. Os ingressos começaram a ser vendido a R$ 40, no primeiro lote, e a meia entrada é garantida por meio de doação de um livro ou um quilo de alimento não-perecível. A cenografia do festival é assinada pelo Estúdio Curva e mistura o orgânico com a tecnologia. As peças terão a interação entre plantas e fontes de luz, com jardins verticais, tubos de LED, projeção mapeada e painéis de LED. O evento, que será realizado no dia 12, no Memorial da América Latina, em São Paulo, terá apresentações de Caetano Veloso, Tulipa Ruiz, Aíla, Liniker e os Caramelows e Rincon Sapiência. Além da música, o festival ainda conta com ações com grafiteiros e artistas plásticos e com a Feira Jabuticaba, que busca promover o empreendedorismo de marcas iniciantes e inovadoras. 44 7 de agosto de 2017 - jornal propmark

marcaS Tite convoca Samsung para o jogo em nova campanha institucional Técnico da seleção brasileira de futebol personifica atributos emocionais, como paixão e inovação, e ajuda marca a criar novo elo com consumidor Danúbia Paraizo Depois de Bruninho, do vôlei; Gabriel Medina, do surf; do maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima; e do ex-técnico Bernardinho, entre outros grandes nomes do esporte, a Samsung anunciou na semana passada Tite como seu novo garoto-propaganda. A escolha reforça a estratégia da marca de se aproximar do consumidor, posicionamento que tem trabalhado desde o fim do ano passado, com o lançamento da plataforma Samsung Conecta. Agora, com o técnico da seleção brasileira de futebol, a marca avança na proposta de explorar atributos que vão além de sua vantagem tecnológica. A ideia é personificar valores de marca, como confiança, paixão, emoção e inovação. “Fizemos um brainstorming estudando possibilidades de quem poderíamos considerar para a posição. Na sequência, uma pesquisa quantitativa com os consumidores, para entender a ordem de prioridades e preferências que tivessem a ver com o DNA da Samsung”, ressalta Andréa Mello, diretora de marketing corporativo e consumer eletronics da Samsung Brasil. “Tite é hoje um dos ícones dessa paixão por esporte, que também tem tudo a ver com o nosso DNA”, completa. O contrato de um ano com o treinador prevê a nova campanha institucional da companhia no Brasil e de todas as modalidades de negócio da Samsung. As primeiras peças entraram no ar na semana passada, nos canais digitais e mídia impressa. Estão previstas ainda inserções em TV aberta. Sob o conceito Samsung é mais jogo, a nova linha criativa busca novos elos emocionais com o consumidor. A estratégia é assinada pela Mutato, que tem liderado a produção das peças publicitárias, sobretudo no digital. A adaptação Peça da campanha institucional da Samsung, estrelada pelo técnico da seleção brasileira; Tite tem contrato de um ano com anunciante “TiTe é hoje um dos ícones dessa paixão por esporTe, que Também Tem Tudo a ver com o nosso dna” Divulgação para o impresso foi feita pela Cheil. No último dia 2, Tite esteve no Rio para um ensaio fotográfico e recebeu o PROPMARK para entrevista exclusiva sobre o papel como embaixador e a responsabilidade de assumir posições que possam influenciar o público. “Trabalhei muito para ter a credibilidade profissional e hoje sei o quanto foi difícil essa construção. E não vou deixar que nenhuma situação ou veiculação de marca que não esteja dentro dos meus princípios e convicções seja vinculada à minha imagem. Isso eu não faço”, afirma o técnico. Esta não é a primeira vez que Tite estrela uma campanha publicitária. Em maio deste ano, protagonizou filme para a faculdade Uninassau, além de ter participado de diversas ações internas do Corinthians quando foi técnico do clube. Ainda assim, Tite é categórico quanto às condições para desempenhar o papel. “Não é o dinheiro que me move, visibilidade, um cartaz ou marketing. Tenho muito cuidado com meus princípios”, completa. jornal propmark - 7 de agosto de 2017 45

PROPMARK

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.