Views
1 week ago

edição de 4 de dezembro de 2017

  • Text
  • Mercado
  • Propaganda
  • Brasil
  • Propmark
  • Marketing
  • Jornal
  • Dezembro
  • Nova
  • Ainda
  • Marcas

mídia

mídia Endemol Shine Brasil faz dez anos com projetos consolidados no país Big Brother Brasil e MasterChef estão entre maiores sucessos da produtora; em 2018 empresa vai investir em ficção e exportar formatos JÉSSICA OLIVEIRA Faz mais de 15 anos que o brasileiro conhece o nome Endemol Shine, desde que a empresa chegou ao país com o sucesso mundial Big Brother. O primeiro pé no Brasil foi com a joint-venture com a Globo. A sociedade foi desfeita em fevereiro deste ano, mas a produtora continua trabalhando com a emissora e o reality segue rumo a sua 18ª edição. O segundo pé da empresa foi colocado em 2007, com a Endemol Shine Brasil, criada para trabalhar com todas as emissoras e diversos gêneros de programa e conteúdo. Ao longo destes dez anos, a ESB realizou mais de 100 projetos, com mais de 200 produtos de marca licenciados. Em comparação a 2016, cresceu 133% em faturamento, tendo hoje 30% dele de ações e projetos de branded content. O fim da primeira década no país tem novidades: em 2018, a produtora vai investir no segmento de ficção e exportar formatos brasileiros. Mas enquanto não começa a trilhar esse caminho, a ideia é celebrar os projetos já consolidados no território nacional, portfólio que inclui MasterChef Brasil, Your Face Sounds Familiar, Dancing Brasil, Batalha dos Confeiteiros, Dança dos Famosos, Escola para Maridos, Batalha dos Cozinheiros, Rola ou Enrola?, Saltibum, Agora ou Nunca e Esse Artista Sou Eu. Laurens Drillich, presidente da Endemol Shine Latino, destaca a expansão da Endemol Shine Brasil, que iniciou como uma pequena empresa para servir a todos os canais. “Ela cresceu muito e agora é, provavelmente, a maior produtora independente no Brasil, realizando todos os gêneros para todas as emissoras”, comenta. Apesar da expansão, os primeiros frutos no país, como o BBB, estão firmes e fortes no Segundo Juliana Algañaraz, produtora cresceu 133% em faturamento em comparação a 2016 leque da casa. Juliana Algañaraz, diretora-geral da Endemol Shine Brasil, afirma que o reality continua um fenômeno, com mais de 50 adaptações. São 19 temporadas nos Estados Unidos e 18 no Reino Unido, na Espanha e no Brasil. “O formato segue fazendo sucesso e se tornou um clássico graças à parceria com a Rede Globo. Ainda temos muito espaço para explorá-lo no mercado brasileiro”, afirma. Outro diamante da produtora está na Band. O MasterChef estreou na emissora em 2014 e, ao longo de suas edições, tem quebrado recorde de audiência e engajamento do público. O formato figura entre os cinco maiores da produtora no mundo, já foi adaptado em mais de 50 territórios e atualmente é o talent show de culinária mais famoso. Seu sucesso no Brasil era previsto e grande parte resulta, segundo os executivos, de uma estratégia digital e multiplataforma, item indispensável em todos os projetos da ESB. A empresa mantém uma equipe de digital e branded content que desenvolve estratégias para cada cliente e parceiro. “Nossos projetos começaram a pautar as conversas e a fazer parte do cotidiano dos brasileiros, assim como as novelas e os jornais”, diz Juliana. Como parte de uma empresa global, a ESB pode oferecer aos clientes e parceiros ideias testadas e com resultados comprovados previamente. Mas, segundo os executivos, não basta replicar, é preciso adaptar cada projeto cuidadosamente, preservando seus elementos principais e, ao mesmo tempo, personalizando para o gosto da cultura local. “Fazemos pesquisa personalizada, levando em conta o perfil e as tendências do mercado audiovisual, sempre em busca de trazer a melhor experiência para o mercado e da audiência”, explica Juliana. Divulgação “O sucesso local de formatos internacionais realça que o que funciona no mercado global também funciona no Brasil. Mas não existe uma fórmula científica, embora diversão, família e festa sejam características importantes”, diz Drillich. Quando lembra o início da ESB, ele acha que a grande mudança está na forma de distribuição e consumo de conteúdo, que mais plataformas, competição mais acirrada e espectadores com maior poder de escolha. Como desafios, aponta a batalha para manter direitos e diminuir as pressões do mercado, mas vê a ESB bem posicionada com “frente criativa forte” e “catálogo global de formatos originais”. Por isso, está otimista. “A demanda por conteúdo de alta qualidade é maior do que nunca e quando olhamos a força do drama, reality e entretenimento, entendemos o motivo de as pessoas falarem que esta é a Era de Ouro do mercado”. 44 4 de dezembro de 2017 - jornal propmark

marcaS Nova fase de Shell #makethefuture tem Luan Santana e um novo clipe Cantor continua embaixador da campanha global, representando o Brasil e a América Latina JÉSSICA OLIVEIRA Dezembro começou especial para a Shell. A empresa lançou o segundo vídeo da campanha global Shell #makethefuture, que financia ideias inovadoras de energia limpa no mundo. São cinco artistas como embaixadores, representando diferentes regiões do planeta. Na América Latina, o escolhido foi Luan Santana, que em 2016 também representou a ação. Com ele estão a vencedora do Oscar Jennifer Hudson, a indiana Monali Thakur, a nigeriana Yemi Alade e a britânica Pixie Lott. Eles gravaram a canção-tema On Top of the World, que sucede Best Day of my Life, vista mais de 800 milhões de vezes. O novo filme usa animação para mostrar “as inovações”. A campanha destaca a necessidade da colaboração global para geração de energia, de forma mais limpa. Com os embaixadores, a ideia é se aproximar do público jovem e despertar interesse pelo tema. Iniciativas apoiadas pela empresa foram apresentadas em 2016 na comunidade do Santa Campanha Shell #makethefuture tem cinco embaixadores de diferentes países, cada artista representa um continente “A Shell tem umA voz que ecoA. e A intenção é eSSA, com ArtiStAS que São cAdA um de umA culturA” Divulgação Marta, no Rio de Janeiro, local que tem um projeto da Insolar. A startup brasileira instalou painéis fotovoltaicos na região, onde vivem cerca de oito mil pessoas. O vídeo mostra ainda projetos como o da Gravity Light, que fornece luz sustentável e mais limpa no Quênia. Para Luan Santana, essa parceria é uma das maiores que já fez. “Artistas têm responsabilidade de levar boas mensagens. Os métodos que essas empresas criaram com o apoio da Shell me fascinam. São geniais, surpreendentes e importantes acima de tudo. Fiquei lisonjeado com o convite. A Shell tem uma voz que ecoa. E essa é a intenção, com artistas de várias culturas”. Simone Guimarães, executiva da Shell e responsável pelo #makethefuture no Brasil, aponta a força da comunicação. “Escolhemos músicos influentes para inspirar a nova geração e incentivar a discussão sobre energia de forma engajada e de fácil entendimento. Juntos (empresas, governos e sociedade) podemos criar o futuro”. LÍDER MUNDIAL EM GESTÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS Otimizamos o trabalho dos profissionais de publicidade, conectando a indústria através da plataforma Adbank5. Agências, produtoras, anunciantes e veículos de comunicação estão integrados em ambiente seguro e confiável, com total controle de suas operações e facilidade na gestão de campanhas, produção e veiculação de mídia. Adstream Brasil 0800 941 9777 atendimento@adstream.com jornal propmark - 4 de dezembro de 2017 45

PROPMARK

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.