Views
2 months ago

edição de 3 de abril de 2017

  • Text
  • Brasil
  • Digital
  • Abril
  • Jornal
  • Mercado
  • Propmark
  • Ainda
  • Cannes
  • Publicidade
  • Anos

mídia TV

mídia TV Bandeirantes ressalta atuação no digital em nova programação VP de comercialização da emissora, Marcelo Mainardi, apresenta grade para 2017 e defende o online como parceiro da televisão aberta Kelly Fuzaro/Divulgação Marcelo Mainard: “A tecnologia questiona a TV aberta e é assim que tem de ser, porque aí a gente melhora e prova nossa importância” BÁRBARA BARBOSA sinergia entre a TV e o digital A é uma das maiores apostas da Bandeirantes, que trabalha nessa linha já há algum tempo – e isso vem aumentando. Desde o ano passado, para se ter uma ideia, a emissora transmite ao vivo pelo Facebook o Jornal da Band, com Ricardo Boechat e Paloma Tocci, ampliando, assim, o alcance da atração e suas possibilidades comerciais. Ao que tudo indica, a fórmula vem dando certo, tanto que será estendida para a programação 2017 do canal, lançada oficialmente na semana passada, durante evento para o mercado, em São Paulo. Entre estreias e retomada de formatos já consagrados, a emissora define a sua grade para o ano como “ousada”. “Na Band a gente gosta de ser diferente”, defendeu Boechat ao apresentar a grade. “Usamos as redes sociais para alavancar nossa programação”, comentou Ana Paula Padrão, que este ano terá ainda mais espaço na programação da emissora. Já o VP de comercialização do Grupo Band, Marcelo Mainardi, ao destacar as ações digitais da empresa, defendeu o meio como parceiro da televisão aberta, e não concorrente. “Nossa realidade é veloz. A tecnologia questiona a TV aberta e é assim que tem de ser, porque aí a gente melhora e prova nossa importância”, diz. “O digital está na nossa realidade”, reforça. Nessa linha, a Band destaca ainda sua área de branded con- SuceSSoS como MasterChef, incluSive com atual temporada no ar, continuam na grade tent, com equipes dedicadas a projetos para marcas nos meios on e offline. Programação Sucessos como MasterChef Brasil, inclusive com atual temporada no ar, continuam na grade da Band. A versão profissional do reality também tem espaço na programação deste ano, assim como o Pânico na TV, que permanece como um dos destaques da emissora, ao lado de esportes e do jornalismo. Entre as novidades, uma atração inteira comandada por Ana Paula Padrão, o Ana Paula Padrão.doc, que vai abordar, em quatro episódios, temas atuais de relevância para a sociedade. A grade terá espaço também para a série original Era Uma Vez uma História. Já entre as adaptações, a emissora aposta na primeira versão nacional do show de talentos infantil Little Big Shots e no Primeiro Encontro, um formato famoso mundialmente por unir casais. O canal será o responsável, ainda, por exibir na TV aberta a primeira temporada do Shark Tank Brasil, exibido em 2015 pelo Canal Sony. 42 3 de abril de 2017 - jornal propmark

mídia Globo usa início da temporada da Fórmula 1 para promover inclusão 20 anos após perder movimento dos braços, Rodrigo Mendes consegue pilotar um carro de corrida ativado por meio de comandos cerebrais Divulgação Ação integra o projeto Tudo começa pelo respeito, com apoio da área de tecnologia da emissora, com gravações no Autódromo de Mogi Guaçu, em São Paulo paulo macedo Para aproveitar o início da temporada de Fórmula 1, cuja primeira etapa foi no último dia 26 de março, na Austrália, e chega ao Brasil no próximo dia 19 de novembro, a Rede Globo deu início a uma campanha atrelada ao projeto Tudo começa pelo respeito. O plano consiste em promover a inclusão de pessoas com deficiência. No roteiro, Rodrigo Mendes, do Instituto Rodrigo Mendes, ONG parceira da iniciativa, pilota um carro de corrida 20 anos após sofrer um assalto que lhe suprimiu os movimentos dos braços. O feito só foi possível graças à utilização de tecnologia com comandos cerebrais. O set de gravação dos comerciais foi no autódromo Velo Cittá, que fica na cidade de Mogi Guaçu, no interior de São Paulo. O clima foi de emoção. “A ação revela a importância de um mundo acessível, com o direito de ir e vir assegurado para todos. Respeito é olhar para a deficiência e enxergar novas possibilidades. O respeito, mais do que a tolerância, é o responsável por construirmos uma sociedade que valoriza o bem comum acima dos interesses pessoais e de preconceitos”, reforça o executivo Sergio Valente, diretor de comunicação da emissora. Mais de 100 profissionais de diferentes áreas da Globo, principalmente de tecnologia, foram envolvidos no projeto. Eles criaram os sensores instalados no capacete usado por Mendes e conectados ao motor do bólido construído especialmente para a campanha. “Mais do que encantar as pessoas, sabemos do nosso poder de mobilização, e a inovação é uma das ferramentas para isso. Muito tem se falado em in- “A Ação revelA A importânciA de um mundo Acessível, com o direito de ir e vir AssegurAdo pArA todos. respeito é olhAr pArA A deficiênciA e enxergAr novAs possibilidAdes” teligência artificial e esta ação mostra como a tecnologia tem um papel social importante”, explicou Raymundo Barros, diretor de tecnologia da Globo. ViNHETa A Rede Globo não perdeu tempo e com a garantia da seleção brasileira na Copa da Rússia em 2018, após a derrota do Uruguai para o Peru nas eliminatórias, no último 28, lançou uma versão da sua tradicional vinheta usada na competição da Fifa, primeiro no Twitter e depois na sua grade. Um quinteto com estética russa canta o tema. Claro, a seleção brasileira fez a sua parte, ao vencer, no mesmo dia, o Paraguai por 3 a 0. A criação é de Sergio Valente, Carlo Iulio e Spartakus Santiago, produção da Sentimental e som da Tesis. O locutor Ithamar Lembo finaliza: “A gente se vê na Rússia”. jornal propmark - 3 de abril de 2017 43

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.