Views
11 months ago

edição de 29 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Jornal
  • Marcas
  • Brasil
  • Propmark
  • Fevereiro
  • Mercado
  • Paulo
  • Anos
  • Marketing
  • Diretor

marcas Luxottica revê

marcas Luxottica revê estratégia para ações de publicidade Objetivo é dar suporte a marcas como Ray-Ban, Oakley e Vogue num mercado em crescimento Paulo Macedo Dados da consultoria de varejo GS&MD apontam que o mercado de artigos óticos no Brasil deve ter uma variação entre R$ 23,7 bilhões e R$ 39,3 bilhões até o ano de 2017. Atenta a esse cenário, a multinacional Luxottica quer marcar território no país, que está relacionado entre os prioritários para seu processo de crescimento, afinal é o terceiro maior do mundo em volume de negócios. A empresa aposta em uma nova linguagem de comunicação para promover seu elenco de marcas, que inclui Ray-Ban, Oakley, Vogue, Grazi Massafera e Arnette, por exemplo. O interesse no Brasil ficou claro com a aquisição da Tecnol, há cinco anos, por US$ 160 milhões. Outras unidades fabris da marca estão na Itália, na China e nos Estados Unidos. Conhecida por seu constante processo de inovação, a empresa italiana firmou joint venture com o Google para a produção dos inteligentes Google Glass. O design de suas marcas atrai personalidades como o presidente americano Barack Obama, adepto dos Ray-Ban. Jessica Alba também curte Ray-Ban, assim como Kate Hudson. Patricia Arquete vai de Miu Miu. O plano é associar o uso de óculos como acessório de moda e atitude. Recentemente contratou a F.biz para cuidar da sua comunicação integrada no Brasil, que já prepara campanha com Grazi Massafera. “A integração das marcas sob um único cuidado vai ao encontro do nosso objetivo de buscar planejamento estratégico que pense em cada marca individualmente, mas sem perder de vista a força do grupo Luxottica”, destaca a diretora de marketing Mariana Stanisci. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é adepto de um look composto por óculos estilosos: modernidade O faturamento global da rede, composta de sete mil óticas e lojas de óculos de sol, é perto de R$ 30 bilhões nos países da América do Norte, Ásia- -Pacífico, África do Sul, América Latina e Europa. Além das marcas próprias, as licenciadas são a Giorgio Armani, Bvlgari, Burberry, Chanel, Coach, Dolce & Gabbana, DKNY, Polo Ralph Lauren, Prada, Michael Kors, Starck Eyes, Tiffany e Versace. A Luxottica também atua no atacado com uma rede global que comercializa produtos em 130 países. Além disso, administra redes de varejo em grandes mercados entre as quais a LensCrafters, Pearle Vision e Ilori, nos EUA e Canadá; OPSM e Laubman & Pank, na região da Ásia-Pacífico; LensCrafters, na China; GMO, na América Latina; e Sunglass Hut, em todo o mundo. Fotos: Divulgação Mariana Stanisci: “Pensar individualmente, mas sem perder de vista a força do grupo” 64 29 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

marcas Nivea promove turnê para prestar homenagem ao rock nacional com grandes nomes do gênero Marca alemã realiza, pelo quinto ano, espetáculos para mostrar que emoção é elemento para cuidados com a pele Paulo Macedo Primeiro foi Elis Regina, depois Tom Jobim, Tim Maia e no passado o samba. Em 2016 o projeto Nivea Viva contempla o rock nacional com uma série de sete shows com os artistas Nando Reis, Paralamas do Sucesso, Paula Toller e Pitty. As apresentações são em sete capitais brasileiras. Começa em Porto Alegre no dia 3 de abril, e segue para Rio (10/04), Fortaleza (15/04), Salvador (22/05), Brasília (5/06) e São Paulo (26/06), mas os locais ainda serão divulgados. É um projeto promocional e de relacionamento da marca alemã, com direção de Monique Gardenberg e Liminha, que nas quatro edições anteriores atraiu mais de dois milhões de pessoas. “A ideia surgiu para conectar o público por meio da emoção. A Nivea é uma empresa especialista em cuidados com a pele e gostaríamos de oferecer aos nossos consumidores além de produtos, emoção. E através de Nivea Viva oferecemos música para sentir na pele”, afirma Tatiana Ponce, diretora de marketing da empresas no mercado brasileiro. “Ao completarmos cinco anos de projeto, vamos apresentar um tributo a um gênero enraizado na cultura do país. O rock brasileiro é único e autêntico, capaz de transitar facilmente entre diferentes gerações”, finaliza. Divulgação Pitty, Paralamas do Sucesso, Paula Toller e Nando Reis viajam pelo país com rock jornal propmark - 29 de fevereiro de 2016 65

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.