Views
11 months ago

edição de 29 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Jornal
  • Marcas
  • Brasil
  • Propmark
  • Fevereiro
  • Mercado
  • Paulo
  • Anos
  • Marketing
  • Diretor

AgênciAS Hands e

AgênciAS Hands e SmartAd firmam parceria para mobile Plataforma de monetização M3P tem como foco a mídia programática para dispositivos móveis AnA PAulA Jung Hands Mobile Advertising A assinou um acordo com a empresa francesa SmartAd Server, que fornece soluções tecnológicas para publicidade digital, durante o Mobile World Congress 2016, que foi realizado em Barcelona, na semana passada. Segundo João Carvalho, CEO da Hands, este acordo permitirá que a Hands ofereça uma plataforma de monetização que é eficiente para os publishers no mobile nacional e permite às marcas e agências pensarem em formatos e segmentações exclusivas. “Isto é algo inédito no Brasil”, diz. Segundo Carvalho, a M3P é a primeira Mobile Media Market Place do mercado brasileiro. No ano passado, a mídia digital brasileira assistiu à consolidação do mercado de mídia programática, mas ainda não existia no mercado nacional uma plataforma focada 100% no mobile programmatic. “Vamos colocar à disposição a compra de mídia mobile de forma programática, mas levando em consideração o ambiente mobile, com localização, formatos mais ricos, otimizando o aparelho e explorando ao máximo as características do aparelho”, explica o executivo. Atualmente, o que o mercado oferece é a distribuição de conteúdo igual ao do desktop, sem as características específicas para mobile. Com a migração da audiência do desktop para dispositivos móveis aumentou o desafio. “É uma nova tecnologia. Resumindo, é uma plataforma de compra de mídia programática específica para mobile que passa pela segmentação e formatos especiais específicos para este device”, diz Carvalho. Como vantagem, a ferramenta vai facilitar a compra Cyrille Geffray, CEO da SmartAd Server; Myriam Pelissier, Country Manager da SmartAd Server no Brasil; e João Carvalho, da Hands “Ao criAr umA peçA especificA pArA mobile, o AnunciAnte vAi tirAr o melhor proveito, possibilidAde de ser mAis Assertivo, com segmentAção, com Alto nível de precisão” e a garantia de um inventário preciso. A meta é ter até o fim do ano 2 bilhões de impressos mensais rodando nesta plataforma. Depois de consolidado no Brasil, o serviço será ampliado para toda a América Latina. A estratégia de lançar a parceria no principal evento do setor é para atrair os grandes anunciantes. “A principal vantagem é que a campanha com foco em mobile vai entregar o resultado. Ao criar uma peça específica para mobile, o anunciante vai tirar o melhor proveito, com possibilidade de ser mais assertivo, com segmentação, com alto nível de precisão. O celular permite uma série de interativas que o desktop não permite. A grande vantagem de usar a plataforma é a entrega de uma experiência mais rica, o retorno pelo investimento é maior e consegue nível de engajamento muito Divulgação maior”, conclui o executivo. Para Myriam Pelissier, country manager da Smart AdServer, a entrada no mercado brasileiro representa oportunidade de crescimento para empresa. “Desde 2012, Hands e Smart trabalham juntas para oferecer novas experiências de publicidade para os usuários mobile através de formatos rich media inovadores e interativos. Com o crescimento da mídia programática no mercado brasileiro, essa nova parceria representa a oportunidade de atender às novas necessidades do mercado e ampliar a nossa oferta que junta a tecnologia da Smart e a expertise de mobile da Hands”, diz Myriam. Segundo a executiva, a meta é oferecer uma solução completa para os publishers, que integra tanto o rich media em mobile quanto o programático. 56 29 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

AgênciAs Ampfy muda comando Divulgação André Paes de Barros, que deixou a LDC há duas semanas, assume cargo no lugar de Gabriel Borges, que passa a ser CSO André Paes de Barros, o PB, leva seus 22 anos de experiência em agências para a Ampfy Kelly Dores publicitário André Paes de Barros é O o novo presidente da Ampfy. Ele assume o cargo nesta segunda-feira (29). Há uma semana, PB (como é conhecido no mercado) deixou a sociedade na LDC, onde estava havia 11 anos. Ele conta que já estava negociando sua ida para a Ampfy há algum tempo com Pedro Cabral, sócio da agência. Para o publicitário, seu maior desafio é “de verdade, aprender e se reciclar”. “Não tenho muito conhecimento do mercado digital”, disse ele. PB leva para a Ampfy, fundada em 2011 e especializada em comunicação digital, sua experiência de 22 anos em agências de publicidade. “Acho que no futuro vai ter agência boa, não mais agência digital e agência offline”, avaliou o publicitário. Antes da LDC, ele trabalhou na Y&R, J.Walter Thompson e na Africa, como profissional da área de atendimento. A Ampfy possui escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e mais de 100 profissionais. Antes da chegada de PB, a agência estava sob o comando do CEO Gabriel Borges, que também é sócio da operação. Ele continua na agência, agora ocupando o cargo de chief strategy officer (CSO). Entre as marcas que fazem parte do portfólio da agência estão Mitsubishi Motors, SKY, C&A, GOL, Hospital Sírio- Libanês, Garnier, Maybelline NY, Suzuki Veículos, M&M’S (Mars), Fusion Energy Drink (Ambev), Henkel (Pritt, Loctite e Cascola), Petrobras e Azeites Andorinha. jornal propmark - 29 de fevereiro de 2016 57

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.