Views
2 months ago

edição de 29 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Jornal
  • Marcas
  • Brasil
  • Propmark
  • Fevereiro
  • Mercado
  • Paulo
  • Anos
  • Marketing
  • Diretor

pRodutoRAS Film Brazil

pRodutoRAS Film Brazil promove edição deste ano do Road Show em Los Angeles Encontro, cujos participantes terão de apresentar seus trabalhos para potenciais parceiros, vai acontecer nos dias 7 e 8 de março Claudia Penteado Pelo segundo ano consecutivo, o projeto FilmBrazil, da Apro, leva diretores e produtores-executivos brasileiros para apresentar os seus trabalhos a executivos de agências americanas no Brazilian Directors Showcase, um road show seguido de rodada de negócios que este ano será realizado em Los Angeles, nos dias 7 e 8 de março. Durante esses dois dias, os participantes terão oportunidade de apresentar seus trabalhos para potenciais parceiros. A edição de 2015 foi realizada em Nova York e Chicago, apresentou dez produtoras, contou com a participação de 13 pessoas e estima-se que tenha gerado, neste último ano, resultados da ordem de US$ 4 milhões. Para este ano, a previsão é chegar a US$ 6 milhões, considerando a cotação cambial favorável para os projetos internacionais. Desta vez, participam nove produtoras e apenas oito diretores selecionados e o evento conta com a parceria da Motion Picture Association of America (MPAA). A aposta é num modelo mais enxuto, em que “menos é mais”. A grande novidade foi a inclusão dos curadores à dinâmica do evento: Brian O’Rourke, diretor de produção da TBWA\Chiat\Day, Vic Palumbo, sócio e diretor de produção integrada da Deutsch LA, e o brasileiro Renato Fernandez, diretor de criação mundial de Gatorade da TBWA\Chiat. Aos três foi apresentada uma pré-lista de trabalhos a serem mostrados nos dois dias de road show, para que selecionassem os trabalhos com maior alcance internacional e melhor qualidade. “Fiz uma lista bem enxuta porque, para mim, o objetivo é Fotos: Divulgação Renato Fernandez: “Fiz uma lista bem enxuta porque para mim o objetivo é surpreender e deixar o público querendo conhecer mais surpreender e deixar o público querendo conhecer mais. Apresentações longas cansam. Queremos mostrar que o Brasil está na moda internacionalmente. Criativos estão sendo exportados para todo lado. E o projeto quer mostrar quem está por traz dessa projeção. Que o talento brasileiro se estende para produtoras e diretores”, diz Fernandez, que está há quatro anos na Chiat\Day e convidou o parceiro de agência, Brian O’Rourke, para participar. A curadoria deve tornar as rodadas de negócios mais efetivas e aumentar a visibilidade do trabalho dos brasileiros. inSpiRAção Marianna Souza, gerente- -executiva da Film Brazil, afirma que o Road Show foi inspirado no modelo de prospecção das produtoras no exterior. “Na Europa e nos Estados Unidos é comum as produtoras levarem os seus melhores trabalhos para sessões de roda de conversa e avaliação de projetos nas agências. Algumas dessas agências têm dias estabelecidos durante o mês para o agendamento de encontros com as produtoras. É uma prática de mercado que permite estabelecer a troca de informações e um networking “Na Europa E Nos Estados uNidos é comum as produtoras lEvarEm os sEus mElhorEs trabalhos para sEssõEs dE roda dE coNvErsa E avaliação dE projEtos Nas agêNcias” 44 29 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

Marianna Souza: “Esses eventos só geram resultados se alinhados com iniciativas mais pontuais e mais próximas das agências” contínuo entre produtoras, diretores e agências”, explica Marianna. A programação em Los Angeles se dará da seguinte maneira: no primeiro dia, 7 de março, serão visitados ao todo seis estúdios, entre eles Disney, Fox e Sony, o dia terminará em um jantar informal com os estúdios. No dia seguinte ocorre o encontro com as agências no Viceroy Hotel. A apresentação do Brazilian Directors Showcase será feita por Brian O’Rourke, da WBWA\Chiat\Day. Entre as agências que confirmaram presença estão 72andSunny, David&Goliath, Mullen Lowe Group e Crispin,Porter+Bogusky. Fora de Los Angeles, foram convidadas The Richards Group, W+K e McCann Nova York. Ao longo dos últimos anos, a FilmBrazil percebeu que não adianta mais investir nos grandes eventos internacionais como Cannes Lions e SXSW de maneira isolada. “Esses eventos só geram resultados se alinhados com iniciativas mais pontuais e mais próximas das agências. Com isso, estruturamos nosso planejamento estratégico de maneira que as grandes ações em festivais sejam iniciativas voltadas para o posicionamento da marca FilmBrazil no exterior. Iniciativas pontuais como o Road Show e edições do FilmBrazil Experience complementam nossa atuação”, declara a gerente. Hoje a FilmBrazil – que é resultado de um convênio da Apro com a Apex-Brasil - atende a um grupo de 51 produtoras de pequeno a grande porte, entre elas algumas com um nível de maturidade internacional altíssimo, prontas para concorrência direta com produtoras internacionais, por exemplo. Após o Road Show em Los Angeles, a FilmBrazil participa com dez produtoras do SXSW, em Austin, no Texas, e em abril estará pela primeira vez marcando presença no tradicional festival inglês D&AD. E, em junho, naturalmente, vai a Cannes. A parceria Apro/Apex foi recentemente renovada e conta com recursos de cerca de R$ 6,2 milhões. Cenas de filme da NFL, criado pelo Grupo Gallegos, rodado em Denver em outubro, um dos exemplos de trabalhos gerados após Road Show 2015; a produção é da Barry Company, sócia da Film Brazil jornal propmark - 29 de fevereiro de 2016 45

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.