Views
3 months ago

edição de 29 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Jornal
  • Marcas
  • Brasil
  • Propmark
  • Fevereiro
  • Mercado
  • Paulo
  • Anos
  • Marketing
  • Diretor

mídia Globo adota

mídia Globo adota formato digital para entrega de material Mudança começa a partir de 9 de maio e vai promover expressiva redução de custos para os anunciantes Syda Productions/Shutterstock Para a emissora, o novo sistema aperfeiçoa o fluxo de trabalho, garantindo mais agilidade ao processo de entrega e à redução de custos com a eliminação do serviço de portadores Na semana passada, a TV Globo publicou o BIP (Boletim de Informações para Publicitários) com a esperada notícia para o mercado sobre as mudanças no sistema de geração e expressiva redução de custos para os anunciantes. A partir de 9 de maio, a emissora adotará a entrega do formato digital dos materiais comercializados em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife e Globo Sul. Assim, o comercial, que antes era entregue em fita, passa a ser recebido em arquivo, por meio dos parceiros homologados pela TV Globo: Adstream, Adtoox, A+V Zarpa e Casa Vaticano. Esses fornecedores fizeram as adequações técnicas necessárias para atender às demandas do mercado na entrega dos materiais. “Em um ano que ouvimos falar muito em crise, ficou evidente a necessidade de aprimorar os processos. Por meio da tecnologia, distribuição de conteúdo, propostas e até mesmo reuniões foram levadas para o campo digital e passaram a representar um importante papel econômico nas empresas. No segmento publicitário isso fica ainda mais evidente. Com o uso de novas ferramentas e plataformas disponíveis no mercado, a distribuição de comerciais para as emissoras passa a ter mais agilidade, interatividade, praticidade e economia, elementos impossíveis de serem encontrados no ultrapassado processo de distribuição - por meio de fitas beta e xdcam”, opina Celso Vergeiro, CEO da AdStream. No caso recente de mudança anunciada pela Globo, a emissora esclarece que, neste momento, o modelo não será aplicado para os clientes locais das afiliadas, que terão um cronograma de implantação. Portanto, nessas localidades, o material físico continua sendo recebido em xdcam. A Globo ressalta ainda que o novo sistema aperfeiçoa o fluxo de trabalho, garantindo mais agilidade ao processo de entrega e a redução de custos com a eliminação do serviço de portadores para a entrega dos discos físicos. Outra vantagem importante é a segurança no gerenciamento dos arquivos comerciais, cujo armazenamento passa a ser feito em nuvem. “Nesse caso, o ditado de que tempo é dinheiro faz todo o sentido, pois essa otimização ajuda a economizar não só na hora de pagar por essa distribuição, mas também no tempo que o motoboy levava para fa- zer todo o percurso, correndo o risco do comercial não chegar na hora marcada nas emissoras”, diz Vergeiro. “Todo esse cenário é favorável para as produtoras e anunciantes, devido à diversidade de ferramentas que permitem centralizar as campanhas em um só lugar, possibilitando controlar os destinos, gerenciar e configurar os filmes com a comodidade de apenas um clique”, argumenta. Outra alteração importante divulgada pelo BIP é a adoção, a partir de 6 de março, do formato 16:9 Letterbox nas transmissões analógicas. Todo o conteúdo da região 16:9 produzido em HD será exibido na transmissão analógica. A padronização da exibição no formato 16:9 Letterbox facilitará a inserção de mensagens relacionadas ao switch-off do sinal analógico. 20 29 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

A ABRIL CRIA SOLUÇÕES PARA CONECTAR SUA MARCA ÀS PESSOAS Com o ABRIL BRANDED CONTENT, produzimos conteúdo com grande alcance, em diversos formatos, geramos conversas que abrem espaço para novas ideias. www.historiasencontrampessoas.com.br

PROPMARK

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.