Views
4 months ago

edição de 25 de janeiro de 2016

  • Text
  • Paulo
  • Cidade
  • Janeiro
  • Propmark
  • Jornal
  • Marca
  • Anos
  • Brasil
  • Campanha
  • Marketing

produtoras Grafismos e

produtoras Grafismos e elementos estéticos da cultura japonesa inspiram shinjitsu Projeto foi lançado há um ano pelos diretores Luiz Ferré e Aylê Santana para propor criatividade holística Cena do filme Baseball, que teve set liderado por Aylê Santana, sócio e diretor da produtora Paulo Macedo declarada paixão do diretor A Luiz Ferré pelos grafismos japoneses é relacionada ao início da sua carreira como diretor de arte e depois como um dos criadores do Grupo Cem Modos, que o celebrizou com seus puppets que divertiam a garotada. Foi por esse motivo que, quando resolveu criar há cerca de um ano a produtora Shinjitsu Filmes, palavra japonesa que significa verdade, com o sócio Aylê Santana, não teve dúvida de se inspirar nos elementos estéticos e culturais do país asiático. E esse senso de verdade norteia o branding do negócio cujo DNA é o de uma produtora de diretores, nas palavras de Ferré, que na semana passada estava na República Dominicana filmando uma campanha publicitária encomendada pelo Ministério do Turismo local. E a Shinjitsu já reforça o seu time de diretores com a contratação do coletivo The Youth, formado por Eduardo Lubiazi, Yuri Maranhão e João Machado, respectivamente diretor de cena, diretor de fotografia e montador. Eles se juntam aos sócios e à dupla Irmãs Fridman, formada pelas irmãs Lina e Maira Fridman, que dirigiram campanha para a ONG Abrinq com a técnica stop motion. Ferré atuou em algumas das principais produtoras do mercado como a Film Planet, de Flávia Moraes, e a BossaNovaFilms, por exemplo. “Não somos apenas diretores. A ideia é formalizar sempre uma parceria completa a serviço da “Não somos apeNas diretores. a ideia é formalizar sempre uma parceria completa a serviço da criatividade. e isso eNvolve coNhecimeNto de discipliNas como ceNografia e composição de roteiro” criatividade. E isso envolve conhecimento de disciplinas como cenografia, composição de roteiro, moda, tecnologia, edição, música e pilares da cultura contemporânea. Tive a oportunidade de trabalhar na Rede Globo no projeto TV Colosso e percebi que dirigir para televisão exige uma linguagem holística e completa. O craft é essencial. O diretor tem de oferecer um algo mais e é isso que propomos fazer”, destaca Ferré, que recentemente dirigiu o videoclipe Entre Meus Dedos, que promoveu o lançamento do livro do escritor Hugo Veiga. Por enquanto a Shinjitsu está priorizando a produção de conteúdos publicitários. Mas planeja liderar projetos para canais fechados, alguns já em fase de negociação, assim como ex- 36 25 de janeiro de 2016 - jornal propmark

A dupla Irmãs Fridman dirigiu Você com o Poder de Transformar em stop motion para Abrinq, indicada ao Anima Mundi 2015 Fotos: Divulgação Clipe entre os Meus dedos, dirigido por Luiz Ferré para divulgar o primeiro livro do publicitário português Hugo Veiga plorar aplicativos para oferecer imagens por smartphones. “O plano é ampliar para aproveitar todas as características dos profissionais e do mercado”, enfatiza Ferré, que dirigiu e produziu a campanha Bonecos do Estadão, em associação com o time criativo da WMcCann. A aposta no The Youth vai de encontro à necessidade de oferecer branded content, além dos filmes publicitários. O trio assinou a websérie Política Cidadã, produzida para o jornal Gazeta do Povo. O projeto foi premiado com medalha de ouro no INMA New York (Awards International News Media Association). O Coletivo dirigiu Quando Fumar Não Mata, para a Secretaria de Saúde do Paraná, e dois filmes com novo posicionamento da Gazeta do Povo. Coletivo paranaense The Youth, formado por Eduardo Lubiazi, Yuri Maranhão e João Machado, reforça o time de diretores da produtora jornal propmark - 25 de janeiro de 2016 37

PROPMARK

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.