Views
2 months ago

edição de 24 de abril de 2017

  • Text
  • Jornal
  • Digital
  • Propmark
  • Brasil
  • Abril
  • Paulo
  • Lions
  • Mercado
  • Empresa
  • Ainda

AgênciAs Divulgação

AgênciAs Divulgação com cultura digital, F.biz integra mídia e planejamento A CSO Renata D'Ávila destaca importância de trabalho coletivo Renata D’Ávila: “É importante se reinventar sempre que possível. Chegar aqui e ver que isso não é conversa é muito bacana” Cristiane Marsola Ser digital é mais do que estar atualizado nas tecnologias. “A F.biz é uma agência onde o novo, o aberto, é cultural. É importante se reinventar sempre que possível. Chegar aqui e ver que isso não é conversa é muito bacana”, afirma Renata D’Ávila, CSO da agência. A executiva assumiu o cargo em janeiro deste ano e chegou à empresa com o objetivo de trabalhar a integração. “Minha chegada veio reorganizar a agência. Vim integrar planejamento e mídia”, explica Renata. Com a contratação da executiva, a agência está estruturando uma nova área, denominada C&DI (sigla para consumer and data insights). Alocada na mídia que, assim como o planejamento, está sob a responsabilidade de Renata, a divisão cuidará da inteligência de dados da agência. “O desafio é ter um storytelling único, independentemente do meio, e o mais legal é que conseguimos ver o todo, fazer uma história “As AgênciAs digitAis não têm medo de ousAr. digitAl não é um meio, é um comportAmento” cada vez mais integrada”, conta a executiva. Segundo Renata, o DNA digital está muito mais ligado à cultura da empresa do que aos meios de comunicação utilizados. “As agências digitais não têm medo de ousar. Digital não é um meio, é um comportamento. É essencial trabalhar com o comportamento humano e com a ideia de como as marcas e os consumidores se relacionam entre eles”, conta. A mudança é uma constante na agência, que surgiu como o site Fulano e, depois de passar por um período como produtora digital e, mais tarde, agência digital, adotou o posicionamento de agência de comunicação integrada. A F.biz hoje é dividida em três partes autônomas: MUV (sigla para Mobile Unique Vision), liderada por Marcelo Castelo; Marketing Tech, sob o comando de Pedro Reiss; e a agência de comunicação, que tem Roberto Grosman como responsável. Um dos objetivos da F.biz é trabalhar cada vez mais coletivamente. “A criatividade não é só nossa. O que não falta é gente produzindo conteúdo bacana. As marcas cocriam aqui com a gente”, afirma a executiva. Para ela, é importante a marca não fazer apenas comunicação, mas demonstrar um comportamento que esteja de acordo com sua cultura. “Valores como transparência e confiança são fundamentais”, diz. conquistAs Depois de conquistar a conta de Jeep, a F.biz comemora a chegada da conta de comunicação digital da Hasbro. A marca de brinquedos tem em seu portfólio, por exemplo, licenças de Star Wars e de Disney Princesas. A F.Biz ainda atende Closeup, Dove, Seda, Tresemmé, Motorola, Luxottica, Claro, NET, Embratel, Ovomaltine, Honda Motos e Totvs. PlAnejAmento Renata assumiu recentemente a presidência do Grupo de Planejamento e pretende dar continuidade no trabalho que já vinha sendo feito pelo ex- -presidente Ken Fujioka. “Para este ano, estamos pensando se colocamos em pé a conferência ou a desconferência, que é um evento que fomenta o mercado com conteúdo e socialização”, fala Renata. Outra preocupação da executiva é integrar um pouco mais o planejamento em todo o país. “O mercado de São Paulo fica muito ‘em-si-mesmado’. Queremos começar a integrar um pouco mais com outras regiões”, conta a nova presidente da entidade. 42 24 de abril de 2017 - jornal propmark

PARABÉNS AO NOSSO ANJO DA GUARDA, QUE DE TANTO CUIDAR DA GENTE,PEGOU ESSA MANIA DE ANÚNCIOS DE OPORTUNIDADE. A Russel Serviços, que fornece mão de obra qualificada para todo tipo de empresa, precisava de uma campanha de impacto para anunciar sua marca pela primeira vez e destacar sua plataforma de contratação online, a única no Brasil. Criamos um filme assim: um ator sério fala ao telespectador: “Lava jato, você acredita que tem gente que não apoia? Nós da Russel serviços apoiamos sempre que somos chamados” E aí revela que além de mão de obra para empresas de lava jato ou postos de gasolina, hotéis, empresas de óleo e gás, construção civil, enfim, todo tipo de empresa pode contar com a mão de obra da Russel. Aprovamos, produzimos em parceria com a Pixel e marcamos para entrar no ar na terça-feira dia 29 de março no jornalismo matutino da Globo. Pois nesse dia, bem cedo, mais uma fase da Operação Lava Jato foi pras ruas e prendeu gente importante, além de levar o presidente da ALERJ para depor coercitivamente. Só se falou nisso, claro, durante os telejornais. E no intervalo – pimba - entrou a Russel falando de lava jar to. Quase um Merchant. Ninguém poderia imaginar tanta coincidência, que catapultou o filme que aproveitava o momento e um filme de oportunidade ali, na veia dos acontecimentos. Quem conhece a 11:21 sabe que a gente é ligado nas oportunidades. E agora a gente sabe que a recíproca é verdadeira. onzevinteum.com.br (21) 2223-1121

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.