Views
2 months ago

edição de 22 de maio de 2017

  • Text
  • Anos
  • Propmark
  • Maio
  • Jornal
  • Novelas
  • Arte
  • Novela
  • Diretor
  • Brasil
  • Trama

52 anos com 52 novelas

52 anos com 52 novelas CSA-Printstock/iStock a metáfora nossa na ficção do dia a dia Nesta edição de aniversário, 52 convidados mostram releituras visuais de 52 novelas que marcaram a TV e o dia a dia do consumidor desde 1965 MARCELLO QUEIROZ SaulHerrera/iStock Fenômeno que provoca múltiplas dimensões na mídia e no comportamento dos consumidores, a telenovela brasileira é a grande homenageada nesta edição que comemora os 52 anos do PROPMARK. Em 21 de maio de 1965, quando foi publicada a primeira edição de Asteriscos, coluna com notícias sobre o mercado de propaganda, que deu origem ao PROP- MARK, pelo menos sete novelas chamavam a atenção dos brasileiros. A extinta Rede Tupi, por exemplo, exibia O Cara Suja, de Walter George Durst, e Olhos que Amei, de Eurico Silva. Na Excelsior, também extinta, o telespectador acompanhava Os Quatro Filhos, de J. Silvestre, e Vidas Cruzadas, de Ivani Ribeiro; e na Cultura, Escravas do Silêncio e As Professorinhas. Já na Rede Globo, emissora que se consolidou nestes últimos 52 anos como a maior produtora de telenovelas do mundo, aquele maio de 1965 via os atores Reginaldo Faria, Leila Diniz, Monah Delacy e Osmar Prado, entre outros, no horário das dez da noite, vivendo os personagens de Ilusões Perdidas, entre 26 de abril e 30 de julho. Em pouco mais de cinco meses, haveria as estreias de A Moreninha, em 25 de outubro, uma das primeiras produções com gravações externas, na Ilha de Paquetá; e de O Ébrio, em 8 de novembro, que lançou a “novela das oito”. Sustentadas por clichês, pares românticos e títulos excessivamente metafóricos, as telenovelas fazem parte do dia a dia dos brasileiros desde 21 de dezembro de 1951. A data marca a estreia de Sua Vida me Pertence, na Tupi, considerada a primeira obra de ficção especialmente desenvolvida para a televisão. Com texto de Wálter Foster, ela foi exibida até 2 de fevereiro de 1952, tendo no elenco atores como Vida Alves, Lima Duarte e Dionisio Azevedo. Celeiro de talentos para as mais diversas áreas, da arte dramática ao design, passando por música, fotografia, direção de cena e de efeitos especiais, a novela se tornou fenômeno de audiência, atraindo homens e mulheres de todas idades e classes sociais. Passou a ditar modismos tanto em expressões idiomáticas quanto em itens aleatórios de consumo. Também tem o poder de influenciar desde a escolha de nomes de bebês ao estilo de roupas, A NOVELA SE TORNOU FENÔMENO DE AUDIÊNCIA, ATRAINDO HOMENS E MULHERES DE TODAS AS CLASSES SOCIAIS. PASSOU A DITAR MODISMOS TANTO EM EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS QUANTO EM ITENS ALEATÓRIOS DE CONSUMO corte ou cor de cabelos que repentinamente surgem e desaparecem da sociedade, misturando semelhanças e meras coincidências a fatos teoricamente reais. Nesta edição de aniversário, o PROPMARK reuniu 52 convidados para fazer releituras visuais de 52 títulos de telenovelas que marcaram a mídia e o consumidor brasileiro desde 1965. A seleção não teve o objetivo de eleger as melhores tramas, mas sim de homenagear emissoras, autores e artistas que se dedicam à teledramaturgia. Além das releituras dos convidados, exibidas entre as páginas 38 e 115, este Especial também traz matérias sobre os aspectos sociológicos das novelas e sua força de merchandising, além de uma entrevista com Silvio de Abreu, um respeitado expert sobre o assunto. Bregas, cômicas, repetitivas, ousadas ou meros conjuntos de cenas de entretenimento, as novelas reproduzem dramas e conflitos sobre paixões, mistérios, crimes e finais felizes. E, acima de tudo, sempre exaltam a capacidade de atrair telespectadores pela habilidade de desenvolver e contar histórias. Bons capítulos! pick-uppath/iStock manyx31/iStock VasjaKoman/iStock Jorgenmac/iStock 36 22 de maio de 2017 - jornal propmark

Sapunkele/iStock artpustovit/iStock Valeriy_Katrevich/iStock kozzzlova/iStock duncan1890/iStock ÍnDIce 1. A Favorita por Joanna monteiro ..................................... pág. 38 2. A Moreninha por christina carvalho Pinto ................... pág. 40 3. A Viagem por andré Feliz ................................................ pág. 42 4. Água Viva por marcio santoro ........................................ pág. 44 5. Amor à Vida por Guilherme Jahara ................................ pág. 46 6. Anjo Mau por susana vieira ............................................ pág. 47 7. Avenida Brasil por Washington olivetto ........................ pág. 48 8. Beto Rockfeller por Fabio seidl ....................................... pág. 50 9. Cabocla por João Fernando camargo ........................... pág. 52 10. Caminho das Índias por marcelo Tripoli ..................... pág. 54 11. Carrossel por Iris abravanel ......................................... pág. 55 12. Cavalo de Aço por Pedro cabral .................................... pág. 56 13. Cheias de Charme por marisa Furtado ........................ pág. 58 14. Chiquititas por Hugo Rodrigues ................................... pág. 59 15. Cordel Encantado por Gabriel nóbrega ....................... pág. 60 16. Dancin’ Days por Rafael Urenha .................................. pág. 62 17. Dona Xepa por Fernando Guntovitch .......................... pág. 63 18. Éramos Seis por Fernando Pelégio............................... pág. 64 19. A Escrava Isaura por Hilton madeira ............................ pág. 66 20. Estúpido Cupido por Ricardo John ............................... pág. 67 21. Gabriela por sergio Gordilho ........................................ pág. 68 22. Guerra dos Sexos por João livi ...................................... pág. 70 23. Irmãos Coragem por alexandre Gama ........................ pág. 71 24. Laços de Família por lica Barros .................................. pág. 72 25. Meu Pé de Laranja Lima por Paloma Tocci .................. pág. 74 26. Mulheres de Areia por Álvaro Rodrigues ..................... pág. 76 27. O Astro por marcos Quintela ......................................... pág. 78 28. O Bem-Amado por sergio amado ................................ pág. 79 29. O Casarão por Gal Barradas .......................................... pág. 80 30. O Clone por Renato Fernandez ..................................... pág. 81 31. O Rebu por chico Baldini .............................................. pág. 84 32. O Rei do Gado por maria eugenia campacci Rocha .....pág. 85 33. O Salvador da Pátria por leo avila ............................... pág. 86 34. Os Dez Mandamentos por Walter Zagari ..................... pág. 88 35. Os Imigrantes por Paulo saad ..................................... pág. 90 36. Pai Herói por Raul Doria ................................................ pág. 91 37. Pantanal por marcelo Reis .......................................... pág. 92 38. Pecado Capital por marcus vinícius Queiroz ............. pág. 94 39. Que Rei Sou Eu? por anselmo Ramos .......................... pág. 95 40. Redenção por armando strozenberg .......................... pág. 96 41. Renascer por alcir Gomes leite ................................... pág. 98 42. Roque Santeiro por cristina Padiglione .................... pág. 100 43. Saramandaia por João Daniel Tikhomiroff .............. pág. 102 44. Selva de Pedra por Paschoal Fabra neto ................... pág. 103 45. Senhora do Destino por sonia Regina Piassa ........... pág. 104 46. Terra Nostra por mario D’andrea ................................ pág. 106 47. Tieta por sergio valente ............................................. pág. 107 48. Vale Tudo por Rodolfo Patrocinio .............................. pág. 108 49. Velho Chico por claudio carvalho .............................. pág. 110 50. Verdades Secretas por David Pollak ........................... pág. 111 51. Vereda Tropical por Felipe luchi ................................ pág. 113 52. Xica da Silva por aricio Fortes .................................... pág. 115 jornal propmark - 22 de maio de 2017 37

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.