Views
2 months ago

edição de 22 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Brasil
  • Propmark
  • Anos
  • Fevereiro
  • Jornal
  • Mercado
  • Empresa
  • Ainda
  • Marcas
  • Marca

mArcAs Segunda maior

mArcAs Segunda maior bilheteria da história da Broadway, o espetáculo Wicked ganha versão em português e entra em cartaz em São Paulo, no próximo mês Anunciantes viabilizam produção de grandes musicais no país A versão brasileira de Wicked, que estreia no Teatro Renault no próximo dia 4, tem patrocínio de Bradesco Seguros, Cielo, Raízen e Multiplus Cristiane Marsola Teatro Renault, em São O Paulo, se prepara para receber outra adaptação de uma produção original da Broadway. Estreia dia 4 de março o musical Wicked – A História Não Contada das Bruxas de Oz. A história se passa em Oz, desde antes da chegada de Dorothy, e mostra a perspectiva das bruxas Elphaba, a bruxa malvada do Oeste, e Glinda, a bruxa boa do Norte. “É uma superprodução. A segunda maior bilheteria da Broadway. A história é supercontemporânea”, explica Geraldo Rocha Azevedo, diretor-comercial e de marketing da Time for Fun (T4F). Desde que começou a trazer as produções da Broadway para o Brasil, em 2001, a T4F conta com o apoio das marcas para viabilizar os espetáculos. O musical que estreia no próximo mês fica em cartaz até julho e tem patrocínio de Bradesco Seguros, Cielo, Raízen e Multiplus. “São marcas que estão sempre presentes. Bradesco Seguros e Cielo são parceiros de longa data”, afirma o executivo. Os anunciantes que apoiam os espetáculos há mais tempo são os mais lembradas pelo público. “Quanto mais a marca se repete, mais ela vai se beneficiando. Além disso, sem o patrocínio, talvez inviabilizasse a realização dos espetáculos”, completa. De acordo com Azevedo, hoje os musicais já fazem parte do calendário cultural de São Paulo. “Começa a ter uma característica como a própria Broadway. As pessoas vêm a São Paulo e incluem um musical no passeio. Temos muito orgulho de ter patrocinado essa evolução”, fala. O primeiro espetáculo trazido “O mercadO cOmeça a ter uma característica cOmO a própria BrOadway. as pessOas vêm a sãO paulO e incluem um musical nO passeiO.” 46 22 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

Chacrinha - o Musical é um dos espetáculos produzidos pela Aventura Entretenimento, que traz a cultura brasileira para os palcos O sucesso dos musicais não se resume apenas às versões dos espetáculos norte-americanos. A Aventura Entretenimento, dos sócios Fernando Campos, Aniela Jordan e Luiz Calainho, surgiu de uma visão de oportunidade e com a missão de produzir conteúdo nacional. “O mercado de musicais tem origem cultural no teatro de revista e tem uma oportunidade clara devido ao gosto do brasileiro pela dramaturgia (principalmente nas novelas) e pela música”, explica Campos. Segundo o executivo, a empresa surgiu com o objetivo de fomentar o mercado brasileiro, já que as produções importadas deixavam pouco know-how por aqui. “Ajudamos a desenvolver a cadeia produtiva do Brasil”, fala Campos. Com a produção de espetáculos como Elis, Rock in Rio e Chacrinha, a empresa ajudou a aumentar o número de fãs do gênero. “Se a pessoa não gostava de musical, ela ia ver por causa da Elis, por exemplo. O musical caiu no gosto do brasileiro porque é um formato mais ajustado à nossa cultura”, diz. A próxima estreia da empresa ocorre ainda neste semestre. O musical Garota de Ipanema será o primeiro a ocupar o Teatro Riachuelo, antigo Cine Palácio, no Rio de Janeiro, que graças ao patrocínio master da marca de varejo foi restaurado. Outra estreia prevista para este ano é do musical Vamp, em parceria com a Globo, inspirada na novela que fez sucesso nos anos 1990. Para 2017, a empresa pretende produzir um espetáculo inspirado na vida de Ayrton Senna. Segundo Campos, a parceria com as marcas é essencial para colocar essas produções em pé. “O patrocinador espera um retorno, que o projeto agregue valor a sua marca. A gente faz musicais como uma plataforpela empresa para o país foi Les Misérables, em 2001. De lá para cá, foram outras nove montagens, incluindo A Bela e a Fera, O Fantasma da Ópera, Cats e O Rei Leão. “Musical é algo muito gostoso de assistir. O gênero tem tido um público com bastante aceitação. Nestes 15 anos, uma série de outras empresas cresceu também”, conta Azevedo. Desde 2001, foram mais de 4,5 milhões de espectadores somente no Teatro Renault. A empresa se preocupa com o cuidado da produção. “Vem tudo de fora: figurino, palco, produção. A gente cuida do cast e da tradução”, conta Azevedo. Ao longo destes anos, o público foi sendo conquistado por esse tipo de espetáculo. “Sempre teve público. Há muitos anos, tinham os teatros de revista. A T4F tem um protagonismo importante porque traz a Broadway, que é um selo de garantia de qualidade. Isso eleva muito a barra. A categoria como um todo se beneficia muito”, diz o executivo. Fotos: Divulgação a Bela e a Fera é uma das produções de sucesso da Time for Fun ma e engaja os patrocinadores neste movimento”, conta. O segredo, de acordo com o sócio da empresa, é oferecer um produto que se ajuste à marca. A Bravart Entretenimento também percebeu o crescimento do mercado de musicais e decidiu ocupar um espaço que ainda não tinha sido visto por outras produtoras. Com a criação do Circuito Off Sampa&Rio, inspirados nos espetáculos Off-Broadway, a empresa quer popularizar o gênero, trazendo opções para um novo público. “Nossa proposta é oferecer espetáculos em localização de fácil acesso, com um preço que seja mais próximo ao habitualmente gasto com outros entretenimentos, como o do cinema, por exemplo, e com conteúdos fortes que conversem com o público brasileiro”, diz Álvaro Real, sócio-fundador e CEO da produtora. O formato do negócio, segundo Real, é um dos atrativos para os anunciantes. “Promover arte a um preço democrático gera uma visibilidade de marca imensurável”, conta. O primeiro espetáculo do circuito, Tick, Tick... Boom!, estreia em junho, em São Paulo. jornal propmark - 22 de fevereiro de 2016 47

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.