Views
2 months ago

edição de 22 de fevereiro de 2016

  • Text
  • Brasil
  • Propmark
  • Anos
  • Fevereiro
  • Jornal
  • Mercado
  • Empresa
  • Ainda
  • Marcas
  • Marca

míDia Desligamento da

míDia Desligamento da TV analógica começa por Rio Verde, em Goiás No fim deste mês, a cidade deve oferecer apenas o sinal digital MAriAnA Zirondi desligamento do sinal analógico em Rio Verde, inte- O rior de Goiás, começou a ser feito no último dia 15. Após intensas reuniões do Gired (Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição dos Canais de TV e RTV), as emissoras Rede Vida, Canção Nova e Record News encerraram a transmissão via sinal analógico e passaram a ser transmitidas apenas em digital. Em nota, a Abert, que faz parte do Gired, afirmou que o desligamento total na cidade goiana será feito até o fim de fevereiro, mediante a efetivação de nova pesquisa realizada pela empresa administradora da digitalizadora, que confirme as projeções de distribuição dos conversores e atingimento do percentual de domicílios aptos a receber o sinal digital terrestre. A cidade ainda não atingiu o índice estipulado de 93% de casas com receptores de TV Digital. Segundo a Anatel, apenas As TVs antigas precisam de um conversor para receber sinal digital 87% da cidade está preparada para o novo sinal. Rio Verde foi escolhida para ser a primeira a ter TV aberta apenas no sinal digital. A meta inicial era que o sinal fosse encerrado em 14 de dezembro. Adobe Stock O desligamento do sinal analógico dos canais de maior audiência, como Globo, SBT, Band e Record, será feito no dia 29 de fevereiro, caso os índices alcancem os 93%. Se não atingir essa porcentagem, o cronograma será atrasado novamente. Para atingir o índice desejado, conversores digitais estão sendo distribuídos às famílias registradas no Cadastro Único, que reúne os beneficiados pelos programas sociais do governo. De acordo com o último cronograma, Brasília terá o desligamento em outubro e São Paulo em março de 2017. O maior desafio para o desligamento do sinal analógico nas grandes capitais é o tamanho das regiões e a complexidade técnica do trabalho, explica Olímpio José Franco, presidente da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) e engenheiro-chefe do Departamento de Rádio e TV da Faap. “O cumprimento do cronograma vai depender de vários fatores. O maior é a comunicação, a forma como a população vai se atualizar e entender o que precisa ser mudado para poder continuar recebendo o sinal, que é ou ter um conversor para as televisões antigas ou comprar uma nova”. Divulgação cuRTas A realidade invadiu a ficção na novela Totalmente Demais, escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, e exibida no horário das 19h, na Globo. A personagem Eliza, vivida por Marina Ruy Barbosa (à esquerda), vai ser capa da revista Glamour. A jornalista Mônica Salgado (à direita), diretora de redação da publicação impressa, gravou participação na trama. A ação de cross midia ainda contempla a presença da atriz na capa da edição de março da revista. Laís Yoshida é a nova líder da Gerência Geral de Licenciamentos, área pertencente à estrutura da Record HUB – Superintendência de Estratégia Multiplataforma da Record. A executiva assume o cargo nesta segunda-feira (22), após nove anos na The Walt Disney Company no Brasil. Com a contratação da executiva, a Record dá andamento aos planos da Record Hub, criada em novembro do ano passado, sob o comando de Antonio Guerreiro, com o objetivo de formatar e distribuir conteúdo de propriedade ou adaptado pela emissora em todos os setores, como entretenimento, jornalismo e teledramaturgia, adaptando cada produto aos meios on e offline. Camilo Tavares, filho do jornalista Flávio Tavares, ex-editorialista do jornal O Estado de S.Paulo, banido pelo regime militar, dirige o filme Estranhos na Noite (em alusão à música Strangers in the Night, de Frank Sinatra). O filme estreou no último dia 20, no Memorial da Resistência, em São Paulo. Com roteiro de José Maria Mayrink, a obra revisita o dia 13 de dezembro de 1968, quando a redação do Estadão foi invadida por policiais na tentativa de apreender os jornais que seriam expedidos naquele dia – o mesmo em que o governo militar decretava o AI-5. 10 22 de fevereiro de 2016 - jornal propmark

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.