Views
2 months ago

edição de 18 de janeiro de 2016

  • Text
  • Brasil
  • Janeiro
  • Anos
  • Mercado
  • Propmark
  • Marca
  • Jornal
  • Mundo
  • Sempre
  • Clientes

conexões Teles “Os

conexões Teles “Os desafios das teles nesse cenário competitivo ficaram bem nítidos na matéria Teles enfrentam novos desafios (publicada na edição 2579, de 11 de janeiro de 2016). Aproveito para parabenizar o novo projeto gráfico e o editorial do PROPMARK.” Antonio Fadiga Artplan São Paulo – SP BBH “Antes de viajar para Nova York, eu li a matéria Neogama deixa de usar marca BBH na sua identidade (publicada na edição 2579, de 11 de janeiro de 2016) no PROPMARK. Sei que não temos de gostar ou desgostar do que o jornalista escreve, mas preciso dizer que gostei muito, porque foi tudo fidedigno ao que a realidade dos fatos reza sobre o assunto.” Alexandre Gama Neogama São Paulo – SP Errata Na reportagem Gestão de pessoas desafia contratações nas agências (publicada na edição 2579, de 11 de janeiro de 2016), as legendas que identificaram as fotos de Leila Funfas, da Mullen Lowe, e Camila Almeida, da Africa, foram trocadas. Post: Mulheres surpreendem ex-maridos ao assinar divórcios Também achei bonita e delicada a forma de tratar a importância do empoderamento das mulheres e da autoestima! Uma reflexão para que as mulheres se toquem sobre o que aconteceu com seu casamento e como um olhar confiante mudou a maneira como os ex-parceiros as viam. Eles se mostram surpresos com aquela mulher poderosa que tinham perdido de vista. Cláudia Meira Post: Você é on ou é off? Muitas agências ainda se digladiam com o tema Defender posicionamento off com exemplo do vinil é assumir que cada dia será menos relevante e cada vez menor. João Post: “Estamos convertendo as pessoas que pegavam táxi na rua” Se o projeto da Ordem dos Taxistas do Brasil, que está no YouTube, for aplicado todo mercado de aplicativos de táxis terá fim. Paulo Silva Post: Gestão de pessoas desafia contratações Sei não, tenho minhas dúvidas sobre a leitura que os RHs estão fazendo com relação ao perfil de quem ou o que “funciona ou não funciona” no cenário de hoje - não se trata de digital x seniores, nem de cortar na carne ou contratar pessoas já prontas, acabadas. Trata-se de entender que tudo mudou: cenário, público, audiência, meios e os velhos modelos e padrões não dão conta de segurar dentro de casa nem o “funcionário” nem o “cliente”. Leila Barbosa Impressionante como demoraram a perceber isso. O resultado realmente reflete o momento e as dificuldades que grande parte das agências está tendo. Estratégia e experiencia são muito importantes. Além de criar soluções de verdade para um cliente, a melhor solução é venda. Reconhecimento de marca. Como pensar com a cabeça estratégica do cliente? A solução é ter pessoas estratégicas como o cliente. Rafael Leitão última Hora SAÍDA Orlando Marques deixou na última sexta-feira (15) o conselho da rede Publicis Worldwide e passou a integrar a Centria Capital Partners, boutique de investimento com escritórios em São Paulo e Nova York. O executivo mantém-se como presidente da Abap (Associação Brasileira de Agências de Propaganda), cujo mandato se encerra em abril de 2017. Marques foi presidente das agências Publicis no Brasil por oito anos e deixou a função em 2014 para integrar o conselho da Publicis Worldwide no Brasil. REESTRUTURAÇÃO Seguindo a onda de demissões nas agências de dorinHo publicidade, que também atingiu a DM9DDB e a Ogilvy Brasil, a New Content fez 35 cortes na semana passada em alguns dos departamentos da empresa. De acordo com Giovanni Rivetti, CEO e sócio-fundador da New Content, as mudanças no quadro de colaboradores foram um redesenho da agência, que enfrenta a crise vivida pelo mercado brasileiro. CONTEÚDO Tara Sorensen, diretora de programação infantil do Amazon Studios, vai falar sobre sua experiência com produção de conteúdo para crianças e adolescentes em mídias digitais no RioContentMarket, que será realizado de 9 a 11 de março. FAcebook Post: Você é on ou off? Muitas agências se digladiam com o tema “Não deveria existir esta divisão on e off!” Maria Luisa Melo Post: Conspiração Filmes completa 25 anos com história para contar “Linda matéria sobre nossos 25 anos #conspira25anos” Conspiração Filmes Discuss (comentários no site na semana de 11 de janeiro) Post: 7 grandes tendências para o e- -commerce em 2016 Excelente matéria, parabéns! Lucia Schröter Parece que o mercado percebeu a exigência, a necessidade e a relevância em atrair e manter quadros e equipes com profissionais Seniores & Experientes. Como diz Sandra Denes, diretora de RH da FCB, no artigo: “Líderes seniores gerenciando jovens de talento asseguram oxigenação e a renovação consistente da agência”. Agora, resta colocar esta teoria em prática para valer... Ruy Nogueira Post: Concorrência sadia A guerra vai ser ganha pela Seara. Por quê? Porque hoje o consumidor está carente. São os preços. Enquanto um quilo de presunto da Sadia custa entre R$ 25 e R$ 28 nos mercados, você encontra o Seara entre R$ 13,90 e R$ 18. E o sabor, o gosto... Muito similares e genéricos. Nem tudo que é caro é melhor. Gilson Gomes 6 18 de janeiro de 2016 - jornal propmark

produtoras animação brasileira é indicada ao oscar O menino e o mundo tem direção de Alê Abreu e trilha sonora produzida pela Ultrassom. Filme concorrerá com trabalhos como Divertida Mente Divulgação Cena de O menino e o mundo, que concorrerá a melhor animação no Oscar deste ano; filme já teve outras conquistas, como o Prêmio Cristal, na França vinícius nOvaes filme brasileiro O menino O e o mundo, animação dirigida por Alê Abreu, sócio da produtora Filme de Papel, com trilha sonora produzida pela Ultrassom, vai concorrer ao Oscar no dia 28 de fevereiro. A obra, que custou R$ 2 milhões, foi selecionada entre os finalistas da categoria de Melhor Animação e vai disputar o troféu com filmes de grandes orçamentos, como Divertida Mente, da Pixar, que teve investimento de R$ 697 milhões, e Anomalisa, do diretor Charlie Kauffman, que já faturou prêmio especial do júri no Festival de Veneza, um dos eventos mais importantes do cinema mundial. A Ultrassom, produtora de som de O menino e o mundo, também atua no mercado com produções publicitárias. A trilha do candidato à estatueta tem artistas como Emicida e Barbatuque. Ruben Feffer, um dos compositores e produtores musicais, afirmou que a expectativa é grande para a cerimônia do Oscar. “Nós nem esperávamos a indicação”, diz. “Mas estamos felizes, pois o filme é um produto que valoriza muito a música”, completa Feffer. Gustavo Kurlat também assina a produção musical da animação brasileira. Não é a primeira vez que o filme disputa prêmios. O menino e o mundo venceu o Prêmio Cristal de Melhor Longa-Metragem no Festival de animação de Annecy, na França. A peça também venceu o Grande Prêmio da Monstra - Festival de Cinema de Animação de Lisboa, além de diversos outros festivais de cinema e animação pelo mundo. Ao todo, foram 34 prêmios. curtas Divulgação A Africa promoveu Beto Rogoski e Fabiano Pinel (foto), até então associate creative directors (ACDs), a diretores de criação da agência. Pinel iniciou a sua carreira em São Paulo na própria Africa e, em seguida, foi para Talent e Neogama, retornando para a Africa, onde está desde agosto de 2013. Já Rogoski, iniciou sua carreira em Curitiba, onde trabalhou na J.Walter Thompson. Há seis anos em São Paulo, antes de chegar à Africa trabalhou na Fischer e na Talent. A dupla de diretores responderá diretamente aos vice-presidentes de criação Alvaro Rodrigues, Eco Moliterno e Rafael Pitanguy, e para o copresidente e diretor-geral da área, Sergio Gordilho. A diretora de atendimento Suzana Poli, que estava na DM9DDB havia 15 anos, deixou a agência na semana passada. Segundo fontes do PROPMARK o motivo está ligado a questões pessoais. Na DM9DDB, Suzana atendeu clientes como Whirlpool, Tok Stok e banco Itaú. jornal propmark - 18 de janeiro de 2016 7

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.