Views
2 months ago

edição de 18 de janeiro de 2016

  • Text
  • Brasil
  • Janeiro
  • Anos
  • Mercado
  • Propmark
  • Marca
  • Jornal
  • Mundo
  • Sempre
  • Clientes

inspiração Faísca

inspiração Faísca democrática Diretora do Santander vê as insinuações para o coração tanto para fanáticos quanto para gênios “La inspiración existe, pero tiene que encontrarte trabajando.” pabLo picasso 18 18 de janeiro de 2016 - jornal propmark

Paula Nader é diretora de marca e marketing do Santander Koryaba/Shutterstock PAULA NADER Especial para o PROPMARK Muito provavelmente você já tentou acender um isqueiro sem gás. Faísca, mas não faz fogo. Inspiração é faísca. Etimologicamente, a palavra inspiração vem de “soprar dentro”. Assim, estar inspirado é ter alguém soprando algo dentro de você ou, de uma forma mais poética, ter alguém insinuando alguma coisa para o seu coração. Prefiro a opção poética, porque já me ajuda a lembrar que inspiração pode até ser mental, mas nada tem de racional. Talvez por isso o significado original da palavra seja ligado primeiro a atividades teológicas, pressupondo que ‘alguém’ seja uma entidade divina, e depois aos artistas, dada a característica subjetiva de sua produção - “de onde esse cara tira essas ideias?”. Como teólogos e artistas nunca foram maioria, inspiração muitas vezes é tida como um dom concedido a pessoas especiais, eleitas, iniciadas. Mas uma rápida observação nos faz perceber que inspiração é da natureza humana e faz parte do cotidiano de todos nós. Não é à toa que se fala que “Fulano acordou inspirado hoje” quando alguém faz alguma coisa – o café da manhã, a escolha da roupa, uma apresentação – com entusiasmo e brilho nos olhos. O brilho nos olhos é a faísca, mas, como no exemplo do isqueiro, produzir algo a partir de uma faísca depende de uma combinação de elementos... Para ter fogo, precisa haver também combustível e ar. O comentário de Picasso na frase que está na página ao lado, abaixo da foto de abertura, me ajudou a entender que faísca que não vira fogo, some. Foi essa frase que me ajudou a compreender que inspiração não significa receber uma solução pronta soprada diretamente no seu coração, porque sempre há trabalho mental, físico ou ambos envolvido na concretização de uma ideia: só percebo a inspiração quando estou buscando solução para algo (o que comer, o que vestir, o que apresentar) e só consigo fazer algo com ela quando tenho a técnica e os recursos (ingredientes, roupas e conteúdo) necessários. Outro aspecto que acho importante comentar é que algo que se traduz como faísca, como sopro e como insinuação nada tem de objetivo, previsível ou linear. Assim, não necessariamente existe relação de causa e efeito entre inspiração e solução, pelo menos não óbvia. Entender como árvores gigantes sobrevivem na Patagônia com apenas um metro de terra para nutri- -las (as raízes se conectam e compartilham recursos, num exemplo de cooperação eficaz) me ajudou a reorganizar a dinâmica de trabalho com minha equipe. E pode somar ao problema, à técnica e aos recursos necessários a intenção e a capacidade de autocontrole de quem se inspira. Faísca pode vir de qualquer lugar: das árvores patagônicas, de uma história, da interação com uma pessoa carismática, do amor ou do ódio. Pode gerar coisas belas na mesma medida em que motiva golpes e violência. Porque inspiração é democrática e sopra dentro dos fanáticos do Estado Islâmico assim como se insinua para corações geniais como o do nosso já saudoso David Bowie. Ekaterina Pokrovsky/Shutterstock Cooperação Paisagem no parque Torres del Paine, no Chile. Para Paula Nader, entender como árvores gigantes sobrevivem na região da Patagônia, com pouca terra para nutri-las, fazendo com que as raízes compartilhem recursos, é um exemplo de cooperação que a ajudou a reorganizar a dinâmica de trabalho em equipe JStone/Shutterstock Para todos Para Paula, a inspiração está tanto nos extremistas quanto em artistas como David Bowie, que morreu no último dia 10. Conhecido como “camaleão” por sua qualidade artística multiplataformas, ele aparece na foto acima durante show no Rockfeller Plaza, em Nova York, em setembro de 2003 jornal propmark - 18 de janeiro de 2016 19

PROPMARK

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.