Views
1 week ago

edição de 14 de maio de 2018

  • Text
  • Brasil
  • Mundo
  • Jornal
  • Copa
  • Propmark
  • Maio
  • Campanha
  • Mercado
  • Sempre
  • Anos

MíDia “Meu avô Tuta

MíDia “Meu avô Tuta é a pessoa que mais me inspira” Divulgação Espontânea e inquieta, a jovem Manuela Carvalho, neta do legendário Tuta Carvalho, o mais famoso nome da rádio Jovem Pan, agita a emissora da família, que frequenta desde criança. Jornalista por formação, ela já passou por várias áreas da rádio e agora encara o desafio de ser uma executiva de publicidade. “Eu estou amando o desafio, cada dia aprendendo muito”, diz Manu. Muito ativa, a neta de Tuta - ela é filha de Marcelo Leopoldo e Silva de Carvalho, VP da rádio, e sobrinha de Tutinha, presidente da Pan - também é influenciadora digital. Para ela, o jeito de se comunicar está mais dinâmico e verdadeiro. “Os influenciadores estão criando novas formas para o mercado”, opina. Confira a sua entrevista. Manuela Carvalho: “Acredito que estamos sempre em transformação” KELLY DORES TrajeTória Sempre gostei do meio de comunicação, afinal, está nas minhas veias (nasci no ninho do meu avô Tuta Carvalho). Com 10 anos, eu adorava frequentar os estúdios da Jovem Pan. Aos 18, entrei na faculdade de jornalismo. Trabalhei na produção de jornalismo na Pan por três anos e decidi entrar no mundo da moda. Eu me formei em styling no IED Londres e sempre busquei fazer cursos para me aprimorar. Sempre gostei do mundo da moda, aprendi com minha avó, Margot Carvalho, que ensinou muito do que sei. A Jovem Pan sempre foi uma rádio à frente, há mais de 10 anos investe em conteúdo na internet. Conversando com a diretora da Jovem Pan Online, Silvia Carvalho, tivemos uma ideia: mostrar os eventos de moda de uma forma bem-humorada (bem do jeito que sou). Já conseguimos entrevistar grandes personalidades, como Gisele Bündchen, Carine Roitfeld e Izabel Goulart. E comecei a me tornar uma influenciadora do meio, hoje tenho mais de 1.200.000 impressões no meu Instagram com 90.3 k seguidores. PUBLiCiDaDe Senti a necessidade de conhecer o universo da publicidade, pois já transitava nesse meio, e no ano passado comecei a fazer uma pós nessa área na ESPM. Estou na área comercial há seis meses e todos os dias aprendendo muito. iNFLUÊNCia Sempre gostei do universo da televisão e do rádio. Sem contar que o meu avô Tuta é a pessoa que mais me inspira e a minha família também. Cada um tem um jeito transformador. Aos 8 anos, minha mãe me colocou no teatro porque via o quanto eu gostava de falar e me comunicar. A Jovem Pan sempre fez parte da minha vida, desde pequena, nas minhas férias ficava nos estúdios quietinha olhando o dinamismo que o rádio traz. Amava participar do programa Pânico, como sempre fui muito espontânea, adorava ir lá contar piadas. A parte boa de estar no dia a dia da rádio e me apaixonar é que sempre tive certeza de que a minha profissão seria aqui. iNFLUeNCiaDOra Sempre fiz questão de trazer assuntos diferentes para os meus seguidores. Sou muito “Sempre tento encontrar oportunidadeS e eStudar o mercado” verdadeira, por isso, as pessoas acabaram criando uma intimidade. Gravava vídeos e fazia perguntas inusitadas, sempre fiz brincadeiras e, acima de tudo, pensava no que as pessoas queriam ver. Um dos projetos que criamos foi o Hit and Hate, que é um sucesso (com Arlindo Grund e Camila Todelo), em que falamos sobre o estilo das pessoas, tipo um fashion police. DeSaFiO Eu estou amando o desafio de ser uma executiva de publicidade da rádio, cada dia aprendendo muito, e ser influenciadora ajuda a entrar no meio da publicidade. Quando comecei, há seis meses, algumas pessoas me ajudaram muito a entender esse mercado (posso fazer um agradecimento especial ao meu chefe, Rodolfo Negrão, e à minha gerente, Marcela Marchi, que me ajudam muito!). TeMPO Eu trabalho há 10 anos na Jovem Pan, entrei com 18. Já passei por algumas áreas, acho muito importante para entender o negócio. COMUNiCaÇÃO Acredito que estamos sempre em transformação, hoje grande parte dos jornalistas faz parte de brand content, ou seja, fecha parcerias comerciais. O mercado está fazendo cada vez mais projetos personalizados com experiências. O jeito de se comunicar está mais dinâmico e verdadeiro. Os influenciadores estão criando novas formas para o mercado. PrOjeTOS Estou adorando a área comercial. Sou muito ativa, hoje, além da rádio, também faço relações públicas de algumas empresas e tenho minha vida como influenciadora digital. Sempre tento encontrar oportunidades e estudar o mercado, que está em constante transformação. 8 14 de maio de 2018 - jornal propmark

AgêncIAs Africa promove profissionais a diretores-executivos de criação Matias Menendez, Otavio Schiavon e Sophie Schönburg terão uma atuação mais estratégica nos negócios, ao lado do CCO Sergio Gordilho KELLY DORES Africa, que tem como copresidentes Marcio Santo- A ro e Sergio Gordilho, está com novidades na criação. A agência promoveu Matias Menendez, Otavio Schiavon e Sophie Schönburg a diretores-executivos de criação na equipe liderada pelo CCO Gordilho. Até então, os profissionais ocupavam o cargo de diretores de criação na agência do Grupo ABC. “Historicamente a Africa reconhece e promove talentos. É só olhar os líderes criativos das grandes agências brasileiras. Boa parte deles passou por aqui. Sophie, Tavinho e Matias têm feito um trabalho brilhante e nada mais natural que reconhecer e promover. Eles terão um papel muito mais macro, me ajudando a olhar a Africa de hoje e a Africa do futuro”, destaca Gordilho. De acordo com a agência, a movimentação traduz o objetivo da Africa de ampliar a atuação estratégica em criação. No novo cargo, os profissionais passam a ter uma atuação ainda mais estratégica no âmbito do negócio. A Africa foi apontada como a agência número 1 em criatividade original e eficaz pelo Agency Scope. No âmbito dos negócios, a agência também vai muito bem, segundo Santoro. “O ano tem sido bastante genero- Sergio Gordilho, Sophie Schönburg, Otavio Schiavon e Matias Menendez so com a gente. Estamos com clientes com patrocínios muito importantes, de Copa do Mundo, novela etc., o que faz com que a gente tenha uma quantidade grande de trabalho. Esse mês vai entrar muita campanha no ar, como do Itaú, Brahma e Vivo”, ressalta o copresidente. De acordo com dados internos, comparado ao primeiro trimestre do ano passado, a Rodrigo Pirim/Divulgação “ElEs tErão um papEl muito mais macro, mE ajudando a olhar a africa dE hojE E a africa do futuro” Africa está com 32% a mais de campanhas no mesmo período deste ano. De janeiro para cá, foram mais de 70 campanhas. “Atualmente, estamos em duas concorrências, sendo que em uma delas estamos na final”, revela Santoro. A agência está hoje na 12ª posição no último ranking do Kantar Ibope Media, de janeiro a março deste ano, com investimento bruto de mídia de R$ 475 milhões. Segundo Santoro, 2017 foi “muito bom” para a Africa, com crescimento, e a previsão é de mais crescimento para este ano. TRAJETÓRIA Com mais de 25 anos de profissão, Sophie Schönburg é uma das redatoras mais conhecidas do país. Antes da Africa, a profissional liderou o departamento criativo da mcgarrybowen e da Pereira O’Dell e, antes disso, trabalhou por 19 anos na Almap- BBDO. Já Otavio Schiavon tem mais de 17 anos de carreira, tendo atuado não somente no Brasil, mas também em países da Europa e da América Latina, em agências como Leo Burnett (São Paulo, Lisboa e Bogotá), DM9DDB, AlmapBBDO e Wieden Kennedy São Paulo. O argentino Matias Menendez, por sua vez, iniciou a sua carreira na agência La Comunidad, como diretor de arte. Ele passou pela Madre Buenos Aires e esteve na Mother Nova York, por três anos. jornal propmark - 14 de maio de 2018 9

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.