Views
4 months ago

edição de 14 de maio de 2018

  • Text
  • Brasil
  • Mundo
  • Jornal
  • Copa
  • Propmark
  • Maio
  • Campanha
  • Mercado
  • Sempre
  • Anos

prêmiOS AlmapBBDO é

prêmiOS AlmapBBDO é Agência Brasileira do Ano no ADC Awards e The One Show Brasil liderou premiações na Ibero-América com Nosferatu, para Getty Images; DM9DDB, Grey, FCB e Ogilvy também conquistaram troféus DaNúbia Paraizo - de Nova York Se os grandes festivais criativos fossem comparados aos campeonatos de futebol mundo afora, Cannes seria como levantar a taça da Copa. Mas nem por isso ganhar o The One Show e o ADC Awards, em Nova York, tem peso menos especial. Para Luiz Sanches, sócio e diretor-geral de criação da AlmapBBDO, ficar com o título de Agência Brasileira do Ano em ambas premiações é como marcar um golaço na final da Champions League ou, apenas para ficar no território norte-americano, na MLS. Realizados na semana passada pelo One Club for Creativity, em Nova York, o ADC Awards e o The One Show reafirmaram o bom momento da criatividade brasileira em festivais, e colocaram o país no topo do ranking de premiações entre países da Ibero-América. “Esse reconhecimento traz um pouco da autoestima que, de alguma forma, precisamos recuperar. Festivais como esses colocam o Brasil no patamar que ele sempre esteve, de ser um país absolutamente criativo, que sabe se reinventar, rir de si mesmo, que não precisa de grandes tecnologias para grandes ideias. É bom quando o Brasil vai bem, para que nossa indústria e todo mundo sintam que fazem algo que cria valor para os clientes. Mostra que a gente sabe se reinventar”, destaca Sanches. Criado para reconhecer a excelência no craft, design e inovação, o ADC Awards promoveu sua 97ª edição no último dia 7 e elegeu a AmapBBDO como Agência Brasileira do Ano. A campanha Nosferatu – A non silent movie, que sonorizou o clássico do cinema mudo para a Getty Images, rendeu o maior número de prêmios ao Brasil. A Punch Áudio foi responsável pelo sound design e pós-produção de som. O case conquistou um Cubo de ouro como Melhor Disciplina na categoria Interactive, dois Cubos de ouro em Advertising - um em Art Direction, Poster Advertising, Campaign e o outro em Integrated, Campaign. Também levou dois Méritos em Interactive. A agência também ganhou um Cubo de prata para a rádio Kiss FM, com a campanha The Book of Rock; além de um Cubo de bronze para a Alpargatas, pelo case Made of Brazilian Summer. Mais brasileiros se destacaram na premiação. A R/GA conquistou para a campanha de lançamento do banco digital next, do Bradesco, um Cubo de prata, dois de bronze e um Mérito. André Gola, diretor de criação, e Renato Butori, diretor de arte, da AlmapBBDO, e Cristiano Pinheiro, da Punch Áudio Já a F/Nazca Saatchi & Saatchi, inscrita em parceria com a Vetor Zero e Lobo São Paulo, ganhou um Mérito pela campanha Everything in Black and White. No total, o Brasil fechou o ADC Awards com 15 prêmios: três Cubos de ouro; quatro de prata; três de bronze e cinco Méritos. Os Estados Unidos lideraram a disputa global, com 239 prêmios. A BBDO Nova York foi eleita Agência de Propaganda do Ano; a BBDO, Rede do Ano; e a Apple, Anunciante do Ano. DOBrADinhA BrASileirA Realizado em duas noites, o The One Show reconheceu as grandes ideias, bem como a excelência de sua execução. O Brasil novamente teve boa colocação na Ibero-América, trazendo para casa Lápis de ouro vindos da AlmapBBDO, Ogilvy, R/GA, DM9DDB, Grey e FCB Brasil. As campanhas de cunho social e político deram o tom das conquistas brasileiras. A Ogilvy levou com a campanha VR Vacina, para o laboratório Hermes Pardini, dois Lápis de ouro e dois bronzes, na categoria Health, Wellness & Pharma, além de um Mérito em print & outdoor. A agência ficou ainda com dois Lápis de prata para a cam- Fotos: Divulgação “Festivais como esses colocam o Brasil no patamar que ele sempre esteve, de ser um país aBsolutamente criativo” 44 14 de maio de 2018 - jornal propmark

panha Mulheres, para Forbes Brasil, ambos em Print & Outdoor. E mais um Lápis de prata e um Mérito, para a campanha A Voz da Arte. Já a Grey levou dois Lápis de ouro e dois Méritos para A Cor da Corrupção, criada para o Reclame Aqui. Para a P&G, ainda levou mais um Mérito, com a campanha Mães Olímpicas. “Estamos muito felizes com as conquistas de A Cor da Corrupção. É o capítulo final do projeto de maior prestígio da história da Grey e do Reclame Aqui. Mas, mais do que isso, estamos muito orgulhosos em ver que esta ideia foi apenas o ponto de partida de uma plataforma de cidadania - abraçada pela marca, que em 2018 ganha ainda mais força com o lançamento do Detector de Corrupção. Em apenas uma semana, o aplicativo se transformou no mais baixado do Brasil e tem ambição de ser o principal aliado dos brasileiros nas eleições”, ressalta Rodrigo Jatene, que foi recentemente para a Grey nos Estados Unidos. A FCB Brasil também foi reconhecida com uma campanha de cunho social e político. O Conversor da Corrupção, para o Estadão, ficou com três Méritos, além do Lápis de ouro na primeira noite do The One Show. “É um trabalho sério, que envolveu toda parte editorial do jornal, jornalistas, tecnologia e inovação para impactar 100% das pessoas que acessam o Estadão online todos os dias. Um trabalho gigante, que influenciou os brasileiros, chamou a atenção e inspirou vários novos apps sobre o tema corrupção. Essa ideia ser conhecida e reconhecida é emocionante! Dá uma satisfação enorme estar fazendo uma comunicação que atinge a muitos, gerando conversas em temas que melhoram o nosso país e, às vezes, até ou- Nosferatu, da AlmapBBDO para Getty Images, ganhou maior número de prêmios Nosferatu Foi responsável por emBalar a vitória e acumulou a maioria das premiações na iBero-américa tros, além do nosso”, destacou Joanna Monteiro, CCO da FCB Brasil. A campanha Nosferatu também foi responsável por embalar a vitória da AlmapBBDO como Agência Brasileira do Ano no The One Show e acumulou a maioria das premiações na Ibero-América. Foram dois Lápis de ouro, um de prata, dois de Bronze e dois Méritos. A agência obteve ainda dois Lápis de ouro e um Mérito para The Book of Rock, criado para a rádio Kiss FM. Para Havaianas, conquistou um Lápis de prata e cinco Méritos com o case Made of Brazilian Summer. Para finalizar, ganhou dois Méritos para Mars Pet e outros dois para MAN Latin America. DM9, R/GA, Y&R, J. Walter Thompson, GTB, F/Nazca, DPZ&T, CCZ* Wow, Wieden+Kennedy, NBS, Le Clube e Google São Paulo também foram reconhecidas na premiação. No total, o Brasil somou 74 prêmios no The One Show: 13 Lápis de ouro, seis de prata, oito de Bronze e 47 Méritos. Além das categorias regulares, o prêmio Best in Show ficou com a campanha Fearless Girl, da McCann Nova York. A honraria é concedida para o trabalho mais proeminente entre os quase 20 mil inscritos de 73 países. O case ganhou nove Lápis de ouro neste ano. “De Amsterdã a Auckland, Madri a Melbourne, agências e anunciantes de todo o mundo estão levando a excelência criativa a um novo patamar, e o The One Show está orgulhoso de ser o programa que identifica, eleva e celebra grandes trabalhos em escala global”, ressaltou Kevin Swanepoel, CEO do One Club For Creativity, durante a premiação. premiAçõeS glOBAiS Um dos grandes destaques do The One Show foi o Penta Pencil, dado para agências e anunciantes que juntos fizeram trabalhos Kevin Swanepoel, CEO do One Club for Creativity Case Made of brazilian Summer, da AlmapBBDO para Havaianas, também foi um dos destaques jornal propmark - 14 de maio de 2018 45

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.